sábado, 17 de março de 2012

O Decreto de Deus



O Senhor dos Exércitos jurou, dizendo: Como pensei assim sucederá, e como determinei, assim se efetuará, porque o Senhor dos Exércitos o determinou, quem o invalidará?  E se sua mão estendida está, quem pois a fará voltar atrás? ( Is 14. 24,27)
Estudo Por Frankcimarks Oliveira
1- Toda a determinação vem de Deus (Pv 16.33)
2- Deus determinou um tempo para todas as coisas ( Ec 3.1)
3- Deus determinou o dia exato da morte dos homens ( Jó 14.5)
4- A vida de Cristo estava toda determinada ( Lc  22.22)
5- Até mesmo a morte de Cristo já estava determinada por Deus ( At 2.22)
6- Deus determinou um dia exato para julgar todo o mundo ( At  17.31)
7-  Se os decretos dos reis não podiam  ser revogados quanto mais os de Deus( Dn 6. 15)
8- Sadraque, Mesaque e Abdego sofreram as consequências por não obedecerem o decreto do ímpio Nabucodonossor: adorar a sua imagem ( Dn 3. 10- 23)
9- O Decreto de Deus invalida e supera o decreto dos Homens( Dn 3. 29)( At 3. 13-15)
10- Saulo tinha em suas mãos decretos para prender o povo de Deus, porém Deus decretara que ele seria uma testemunha sua (At 22. 14-15)(At 9.1-2)
11-  Os principais da Sinagoga decretaram a prisão dos apóstolos e Deus decretara sua soltura . Deus sempre prevalecerá ( At 5.17-25)

Nós , crentes em Jesus , ficamos perplexos ao contemplarmos a grandeza do Senhor nosso Deus. Cada dia que se  passa conhecemos mais ao Senhor. Como é bom vermos a soberania de Deus diante de um mundo que parece estar andando em trilhos soltos. Mas só parece! Deus está no controle de todas as coisas. Ele é Senhor absoluto nos céus e na terra.
A palavra do Senhor nos faz descansar em sua soberania , pois sabemos que se dormirmos, acordaremos tranquilos, pois o Guarda de Israel não dorme! Ele nem se quer tosqueneja, por isso nada foge do seu controle. As vezes somos tentados a achar que Deus não está governando a História, pois vemos calamidades, destruições e desolações na terra, entretanto, a Bíblia é muito clara:  ainda que os montes se transportem para o meio dos mares, a cidade de Deus não será abalada, ou seja, aqui na terra tudo pode estar de cabeça pra baixo, mas Deus está tranquilo em seu trono, reinando e fazendo sua vontade sobre o escabelo de seus pés.
Jesus disse que todos os cabelos da nossa cabeça estão contados. Isto quer dizer que Deus tem poder absoluto sobre nossas vidas. Tudo o que nos acontecer será permissão de Deus. Nada acontece conosco sem que Deus não tenha assim determinado, afinal, tudo contribue juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, que são chamados segundo o seu propósito. Logo, podemos descansar nos braços de Deus que está encaminhando todas as coisas para cumprir seu plano eterno.
A vida de Jesus é a prova de quanto Deus é Senhor sobre todos. Ele faz todo o seu querer. Infelizmente, nos dias de hoje, muitos acham que podem determinar alguma coisa, muitos acham que são deuses e não sabem que foram enganados pela serpente, assim como Adão e Eva foram.  È muita arrogância o homem  achar que pode determinar algo em sua vida. Saiba de uma coisa: somente Deus determina os tempos e as estações, somente ele pode mudá-los.
Deus é infinitamente superior a qualquer coisa nesse universo. Ele tem poder para fazer o que desejar e seus planos não podem fracassar. Enganoso é o coração do homem ! Como o homem é soberbo. Ele chega a achar que pode decretar algo e que nem mesmo Deus pode invalidar aquilo. Como o ser humano é tão cheio de sí!
Se Deus determinou alguma coisa, quem invalidará ? Se sua mão está estendida, quem a fará voltar atrás? Se Deus planejou fazer algo, quem poderá convencê-lo a não fazer ?  Ora, se homens falhos e pecadores como os reis persas e babilônicos velavam para cumprir sua palavra, quanto mais o Senhor não velará para cumprir a sua?- É claro que todas as palavras de Deus se cumprirão!
Amados, creiamos que Deus está no controle de tudo e que tudo o que Deus deterinou se efetuará. Creiamos que ele é poderoso para cumprir todas as suas promessas no tempo que ele mesmo determinou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário