Poderá Gostar Também De:

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Justo e Justificador



Não é por causa da tua justiça que o Senhor teu Deus te dá esta boa terra 
( Dt 9.6)

Por  Frankcimarks  Oliveira

Estamos  habituados a recompensas e relações de trocas  no mundo em que vivemos. Todavia, com Deus não é bem assim que funciona. O Senhor sempre quis deixar bem claro para Israel que era por causa de sua Graça e boa vontade para com eles que recebiam todas as bênçãos da mão do Eterno.  Entender  isso fará com que todo senso de merecimento e orgulho próprio desapareçam como fumaça no ar.

         Observe  o  que  Deus está dizendo : “Não é por causa do que vocês fazem de bom que eu vos dou esta terra boa”. Então nos perguntamos: por quê então o Senhor nos dá essa boa terra?- Por causa de sua fidelidade à sua palavra. Deus prometeu a Abraão que lhe daria um povo maior que o número de estrelas no céu.

         Não é por causa da tua justiça, nem pela retidão do teu coração que entras a possuir a sua terra, mas pela impiedade destas nações o Senhor teu Deus as lança fora, de diante de ti, e para confirmar a palavra que o Senhor jurou a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó.Sabe, pois, que não é por causa da tua justiça que o Senhor teu Deus te dá esta boa terra para possuí-la, pois tu és povo obstinado.Lembra-te, e não te esqueças, de que muito provocaste à ira ao Senhor teu Deus no deserto; desde o dia em que saístes do Egito, até que chegastes a esse lugar, rebeldes fostes contra o Senhor;(Deuteronômio 9:5-7)
        
         Deus quer realmente que seus filhos entendam que boas obras não compram nada de suas mãos. De fato, Ele nos ordena a andarmos num caminho de retidão e justiça, todavia , não porque isso nos fará herdar suas promessas, antes porque os verdadeiros filhos de Deus não andarão de outra forma.

         O povo hebreu mostrou não merecer nada de Deus a não ser sua ira, enquanto caminhava no deserto. E conosco não é diferente. A única coisa que o pecador merece receber de Deus é o castigo eterno. Entretanto, através da Justiça de outro, podemos receber gratuitamente todas as promessas do Pai e usufruirmos delas.

Piedoso é o Senhor e justo; o nosso Deus tem misericórdia. (Salmos 116:5). Cristo Jesus é a justiça de todo aquele que crê. Os profetas já diziam que ele seria chamado de “ O Senhor justiça nossa”. De modo que o cristão é chamado de justo não porque sua vida seja perfeita diante de Deus, mas porque a perfeita justiça de Cristo recai sobre ele, fazendo-o perfeito assim como Cristo o é. Por isso Paulo insistiu : “O justo viverá da fé”, isto é, o justificado viverá crendo continuamente que o sacrifício do Senhor é plenamente suficiente para nossa salvação e aceitação no céu.
A bíblia é muita clara ao dizer : “ Não há um justo se quer. Todos se estraviaram e juntamente se fizeram inuteis; Não há quem faça o bem; Todos pecaram.” Oh, Amados, nossas vidas tem confirmado todas essas verdades. Os jornais mundiais e nossos olhos tem visto que só há um que é bom, que é Deus.
Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida. (Romanos 5:18)
Cristo viveu uma vida santa aqui neste mundo de pecadores. Em tudo foi tentado, porém nunca pecou. Seu sangue puro fora derramado para perdão dos pecados e todo aquele que crê em Jesus Cristo e o confessa como Senhor e salvador, o filho do Deus vivo, que morreu e ressurgiu dos mortos, recebe absolvição e está livre para viver uma vida plena na presença do bondoso Deus.
Deus olhará para todos os salvos naquele grande dia e dirá : “Não é por causa da vossa justiça que estás salvos e herdais o reino dos céus, mas pela Justiça de Cristo obtiveste essa graça. “Oh, sim, queridos, todos os remidos cantarão na ceia do Senhor : “ Por causa de tua Justiça estamos aqui”. Como será bonito ver Cristo sendo glorificado por sua obra de justificação!
Cantem e alegrem-se os que amam a minha justiça, e digam continuamente: O Senhor seja engrandecido, o qual ama a prosperidade do seu servo. (Salmos 35:27)
Todo salvo  ama a justiça do Senhor. Essa justiça brilha mais que a luz do sol. Na verdade nosso amado Mestre é chamado de “ o sol da Justiça”. Que todos vejam sua luz, pois nada se compara a glória que emana dessa justiça. Nem a lei de Moisés que é tão admirada por milênios se equipara ao que estamos falando. A lei era e é um instrumento de condenação e ainda assim fora visto com muita glória. O que falar da Justiça de Cristo? Muito mais glorioso e forte é o poder desta nova aliança.
Porque, se o ministério da condenação foi glorioso, muito mais excederá em glória o ministério da justiça. (2 Coríntios 3:9)
Não há mais condenação para os que estão em Cristo. Nenhuma ferramenta forjada contra os justificados surte mais efeito. Porque os eleitos vestem a couraça da justiça e estão protejidos completamente por essa arma indestrutível. Nós recebemos  isso como herança do Senhor quando cremos no que ele fez por nós ali na cruz.
Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada. (Gálatas 2:16)
Percebes que não há nada que possas fazer para herdar o céu? Nossas boas obras são pobres demais para tal coisa. Apenas a boa obra de Cristo é capaz de nos arrebatar ao paraíso. Ele apenas nos pergunta : Crês que posso te justificar? Crês que tenho poder de sozinho te garantir uma eternidade junto ao Pai? Se tu crês, bem aventurado tu és.
Termino dizendo que os efeitos dessa palavra são diversos. Em alguns ela trará alegria e regozijo, pois a boa noticia do evangelho é exatamente essa : “Vinde e comprai , sem dinheiro .” Os humildes verdadeiramente se alegrarão com a justiça do Senhor. Porém , os orgulhosos abominarão esta doutrina. Pois estes estão sempre querendo apresentar sua própria justiça e bondade. Querem arrancar das mãos de Deus o que Deus dá de graça. Querem abrir as bocas e dizer : Estou aqui por meus méritos e não porque ninguém me ajudou. Infelizmente, estes terão sua parte no lago que arde com fogo e enxofre. A glória da Salvação pertencerá somente ao Senhor. Ele não a dividirá com nenhum pecador cego e arrogante.
Cantemos  num  grande  coro : Sairei na força do Senhor DEUS, farei menção da tua justiça, e só dela. (Salmos 71:16)








domingo, 23 de novembro de 2014

A Ira e a Graça de Deus




Aquele que pecar é que morrerá. (Ezequiel 18:4)
Por  Frankcimarks Oliveira

Deus é Santo, justo e Bom. Não consigo ver a Deus sem nenhum desses atributos. Tire um deles sequer e você terá um deus estranho ao Deus das escrituras sagradas. Infelizmente , nosso coração se apega muito facilmente a mentiras , e se dispõe a fabricar ídolos de vaidade e ainda se atreve a nomeá-los com o nome do Senhor. Os hebreus fizeram isso com o bezerro de ouro, chamando-o de Yahweh. Mas não nos enganemos, Deus não se deixa escarnecer.

O Deus da Bíblia, isto é, o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, é o único Deus verdadeiro e Cristo veio dar testemunho dele aos homens. Jesus nos ensinou a chamá-lo de Pai, mostrando assim o coração terno e gracioso do Todo Poderoso. Todavia, o mesmo Jesus nos ensinou a temê-lo, visto que Deus é extremamente zeloso. Portanto, aprendamos a abraçar toda a verdade divina e não somente aquilo que nos soa conveniente.  Chamemos Cristo de Salvador e amigo dos pecadores, mas jamais nos esqueçamos que Ele é rei dos reis e Senhor dos  Senhores , que se assenta sobre o trono e ao seu povo trata com graça, mas com os incrédulos  e impiedosos se mostra irado, de modo que estes rogam aos montes para caírem sobre eles, tamanha é a fúria do cordeiro.

Certa feita Jesus disse : “vinde a mim , pois sou manso e humilde de coração”. E é verdade. Nosso Senhor recebe alegremente todos os pecadores que vão até sua presença com lágrimas nos olhos. Mas este mesmo Jesus resiste aos soberbos. Ele resistiu aos fariseus que se consideravam justos e que criam não precisar se arrepender. Para estes Cristo fez um chicote e não poupou repreendê-los na frente de todos. Para os pecadores Jesus falava com doçura e os convidava a entrar no reino de Deus com muita boa vontade. Mas com aqueles  religiosos arrogantes, Jesus abria sua boca e dela saia uma espada afiada : Ai de vós Fariseus hipócritas. Sim, amados, estamos falando do mesmo Senhor. Para com os humildes ele é humilde, com os orgulhosos , ele é ameaçador. Que todo joelho se dobre diante de Jesus. Vejamos um texto que revela esta mesma verdade sobre Deus :

Partiram eles do monte Hor pelo caminho do mar Vermelho, para contornarem a terra de Edom. Mas o povo ficou impaciente no caminho e falou contra Deus e contra Moisés, dizendo: "Por que vocês nos tiraram do Egito para morrermos no deserto? Não há pão! Não há água! E nós detestamos esta comida miserável! "Então o Senhor enviou serpentes venenosas que morderam o povo, e muitos morreram. O povo foi a Moisés e disse: "Pecamos quando falamos contra o Senhor e contra você. Ore pedindo ao Senhor que tire as serpentes do meio de nós". E Moisés orou pelo povo. O Senhor disse a Moisés: "Faça uma serpente e coloque-a no alto de um poste; quem for mordido e olhar para ela viverá". Moisés fez então uma serpente de bronze e a colocou num poste. Quando alguém era mordido por uma serpente e olhava para a serpente de bronze, permanecia vivo(Números 21:4-9)

Deus havia libertado seu povo da escravidão egípcia com mão forte e estava sustentando –o com o maná cotidianamente. Todavia, com pouco tempo, o pecado se manifestou entre os agraciados. O povo começou a murmurar contra Deus em rebeldia, insatisfação, ingratidão, incredulidade, impaciência, desprezo. Deus logo reagiu, porque Deus não fica indiferente ao pecado. Sua Ira se acendeu e o Senhor enviou serpentes venenosas que picavam o povo e o matava. De modo que muita gente pereceu. Isso levou os hebreus a se arrependerem. Porque tudo o que o Deus de amor faz tem por propósito nos conduzir ao arrependimento. De imediato o povo confessou : “pecamos contra o Senhor”. Aqui está uma confissão genuína que só pode surgir mediante a operação divina. Deus tem que intervir e quebrar nossos corações de pedra. As vezes seus métodos são dolorosos e ardem na pele. Porém, eu entendo que Deus queria nos ensinar algo muito importante sobre o pecado. O Pecado é terrível e destruidor. O Pecado faz perecer.

Amados, levemos o pecado a sério. Desde que nosso pai Adão pecou, o mundo vem sentindo o poderoso veneno da serpente. Ela veio para matar e destruir. Ora, o salário do pecado é a morte. Todos pecaram e por isso a morte continua matando. A morte é a justa punição de Deus aos transgressores. Por isso está escrito : A alma que pecar, essa morrerá. E não há pior morte do que a morte espiritual. Aquela em que os homens estão mortos para Deus. Eles não se lembram do Senhor e por isso perecerão eternamente.

Ainda bem que Deus não é somente justiça. Graças a Deus que ele também é amor e graça. Sua misericórdia não tem fim. Sua ira fez o povo entender  seu pecado. Então, o mesmo Deus que estava irado pelo pecado, providenciou a salvação de seu povo no deserto. Mandou que Moisés fabricasse uma serpente de metal e pusesse num poste. Todo aquele que fosse picado deveria olhar para o animal e então o poder da morte seria vencido. Onde está , ó morte, o teu aguilhão?

Deus é assim. Não espere que ele seja de outro modo, porque ele não será. Deus se ira contra o pecado e contra o pecador. Mas ele lembra-se da nossa estrutura, que somos pó, então assim como um pai se compadece de seus filhos, o Senhor se compadece de nós e afasta de nós os nossos pecados, assim como o oriente dista do ocidente. O Deus que requer justiça pelo pecado, providencia um meio de salvar o pecador. Ele não precisava fazer isso, mas fez, movido por compaixão.

Na cruz , Deus revelou muito mais intensamente essa sua peculiaridade. Cristo foi levantado no madeiro, assim como a serpente feita por Moisés, e todo aquele que olha para ele com fé, recebe o perdão dos pecados e vida eterna. ( Jo 3.14-15)” Olhai para mim e sereis salvos, vós, todos os habitantes da terra,” disse o  Senhor .

Cristo nos convida a olharmos para ele em sua vergonha e fraqueza. Sim, Cristo nos ordena que com fé olhemos para ele na cruz, moribundo e expirando. Este é o remédio do pecador. A morte dele matou a nossa morte. Oh, quão profundo é o mistério! Ele bebeu o cálice da ira de Deus para nos livrar do Deus Irado que mesmo estando irado nos amou e nos atraiu a si mesmo através do Mediador que é Jesus, seu amado filho.

Na cruz a ira e a justiça foram demonstrados. Deus odeia o pecado e como justo juiz não pode deixar de punir o pecador. Mas por ser Deus bom e gracioso e querer salvar os perdidos, ele achou em Cristo a solução de todos estes problemas. E Jesus se submeteu aos planos do Pai, por amor a ele e a nós.

Resta eu terminar dizendo : Olhe para Cristo e receba a cura para tua enfermidade. Olhe para Cristo e receba vida com abundância. Confesse que tens pecado contra Deus, que tens sido rebelde a sua lei e que tens quebrado cada um de seus mandamentos. Confesse sua ingratidão e murmuração. Confesse sua desconfiança em suas promessas e sua incredulidade . Diga que não tens confiado Nele que é totalmente confiável. Peça perdão, leitor, e receberás a vida gratuitamente. Olhe para Jesus. Amém.

sábado, 22 de novembro de 2014

Tenho uma Mensagem para ti



Tu espera agora, e te farei ouvir a palavra de Deus
 ( 1 Sm 9.27)

Por Frankcimarks Oliveira


Vivemos dias de muita agitação e pressa. As pessoas estão sempre ocupadas e atarefadas, de modo que não tem tempo para a família, filhos, amigos, muito menos para coisas  espirituais como a saúde da própria alma.
Devemos examinar tudo e vermos se nós mesmos não estamos inseridos nessa estatística. Seria uma pena se nos víssemos tão enfadados ao ponto de não termos tempo para meditarmos na preciosa palavra de Deus. Que o Senhor nos dê a graça de dispormos sempre nossos corações ao mel de seus preceitos e às doçuras de seus escritos, pois eles são verdadeiros manjares .
Certo dia Saul esteve preocupado com seus animais perdidos e saíra para procurá-los. Como não conseguira bom resultado, decidira ir consultar o homem de Deus , chamado Samuel, o profeta, graças ao conselho de seu moço que o acompanhava naquela busca.
Ao saírem ao encontro do profeta, este já vinha em sua direção, e disse-lhe : não preocupes teu coração com os animais perdidos, porque já foram achados. Oh, amados, como a mão invisível de Deus sabe trabalhar a favor de seu povo!   Muitas vezes se faz necessário que o Senhor mesmo intervenha e chame nossa atenção. No caso de Saul , perder seus animais fora muito proveitoso, visto que por isso ele fora conduzido aos desígnios de seu Deus. Mas a princípio Saul pensara em voltar a casa de seu pai. Todavia, a Graça do Senhor manifestada na boca do servo de Saul decretara :     Por que não vamos na casa do profeta que mora aqui perto ? Ele nos dirá onde procurar.
Que seja esse sempre o nosso proceder. Deveríamos consultar o Senhor diariamente a cerca de tudo, até mesmo dos  assuntos mais triviais. Se bem que não era este o caso de Saul. Porém, buscar ouvir a Deus através de sua Palavra nunca é ruim. Infelizmente, nós não temos este bom costume . Tomamos nossas decisões sozinhos e por isso nos frustramos. Graças a Deus que sempre tem seus instrumentos e meios de nos levar até si.
Samuel disse a Saul : Tu  espera agora, e te farei ouvir a palavra de Deus. Por acaso Deus não continua nos dizendo a mesma afirmação ? Sim! Sua voz de comando sempre será : “Espera e ouve o que tenho pra te dizer.” Que nossos lábios sempre digam como o menino Samuel : Fala, Senhor, porque teu servo ouve.
Queridos, o Senhor é o mesmo. Ele não mudou. Foi ele quem disse a Jeremias : Vá a casa do Oleiro e ali você ouvirá minha  mensagem ( Jr 18.2). Como Deus fala! Fala de diversas formas, mas sempre é bem sucedido em nos transmitir sua vontade. Queremos ouvir?
Deus está sempre nos convidando a ouvir sua voz. Porque é melhor ouvir do que falar. Muitas vezes ele disse : “Mas escute agora, o Jacó”( Is 44.1) Ou : ouça , meu povo, as minhas advertências ( Sl 81.8)
Feliz todo aquele que ouve o que o Senhor diz. Assim como Cristo falou : o sábio edifica sua casa sobre a rocha, isto é, ele ouve e pratica. “ Agora, meu filho, ouça bem e faça o que lhe ordeno ( Gn 27.8) . Que o Senhor nos ajude e que nossos ouvidos estejam bem apertos às suas repreensões e que nossos corações estejam bem aptos para acolher sua semente para darmos os frutos necessários.
Deus nos diz : Tenho uma mensagem para ti (2 Rs 9.5). Sim, o Espírito do Senhor sempre tem algo a contender conosco. Algumas vezes sua mensagem é exclusiva para cada um de nós e não diz respeito a mais ninguém. “ Tenho uma mensagem secreta para ti “( Jz 3.19). Jesus mesmo disse  a um homem que o recebeu em sua casa : Simão, tenho algo a te dizer. Dize, mestre, disse ele ( Lc 7.40).
Estejamos sempre aos pés de Jesus para ouvirmos o que ele tem a nos dizer. Seja um consolo, seja uma exortação. Tudo o que sai de sua santa boca é saudável para seus filhos. Assim como uma ave alimenta seus filhotinhos, o Senhor dispensa sua palavra para sua Igreja. Abramos bem a boca e ele nos encherá.
Lembro-me de Cornélio ,que avisado por um anjo , mandou buscar a Pedro para fazê-lo ouvir o evangelho. Ele disse a Pedro : Mandei buscar-te imediatamente, e agora estamos aqui na presença de Deus para ouvirmos o que o Senhor te mandou nos dizer ( At 10.33). Como é lindo vermos a graça operando nos corações! “Imediatamente”, diz o texto. Aquele homem sentiu urgência em ouvir a palavra de Deus.
O Senhor é quem abre os nossos ouvidos e faz com que sua palavra chegue até nossos “ouvidos”. A fé vem pelo ouvir a palavra de Deus e pela fé somos salvos. Deus seja louvado! Guardemos sempre tempo para ouvirmos o que Cristo quer nos dizer. Amém.