sábado, 10 de dezembro de 2011

Os últimos momentos de Vida de Jesus



Foi, pois, Jesus seis dias antes da páscoa a betânia, onde estava Lázaro, o que falecera, e a quem ressuscitara dentre os mortos.
Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele.
Então Maria, tomando um arrátel de ungüento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do ungüento.
Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse:
Por que não se vendeu este ungüento por trezentos dinheiros e não se deu aos pobres?
Ora, ele disse isto, não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava.
Disse, pois, Jesus: Deixai-a; para o dia da minha sepultura guardou isto;
Porque os pobres sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes.
(Jo 12.1-8)

Estudo Por Frankcimarks Oliveira

I-Sobre a morte de Cristo


1-Cristo sempre soube que iria morrer pelos homens(Jo 12.24,27)(Lc 2.34.35)
2-Cristo sempre soube como iria morrer(Mt 26.2)
3-Foi para isto, morrer pelos perdidos, que Cristo veio ao mundo(Mc 10.45)
4-Cristo sabia que seria traído ,como sabia quem o trairia(Jo 6.64)
5-Jesus preparou seus discípulos o tempo todo para este momento(Mc 14.27)(Jo 12.6,7)

II-Atitudes que o Senhor tomou antes de sua morte

1-Aproveitou ao máximo a compania de seus amigos(Lc 22.8-22)
2-Preocupou-se em confortar seus companheiros(Jo 14)
3-Preveniu seus discípulos do que ocorreria com sua morte(Lc 22.31,32)(Mt 14.27)
4-Intercedeu por seus discípulos(Jo 17.8-12)
5-Buscou a seu Pai com mais "intensidade"(Mt 26.39-46)
6-Rogou perdão por seus Algozes(Lc 23.34)
7-Cuidou de sua mãe, mesmo na Cruz(Jo 19.25-27)

Cristo sempre soube qual era sua missão. Jesus estava ciente que a sua hora havia chegado e disse: Pai, glorifica teu Filho.
Nada foge do controle de Deus! Aqui na terra nos desesperamos quando algo foge do nosso controle ou alcance, mas o Senhor está nos céus, assentado sobre seu trono.
Deus governa não só este mundo, mas todo o universo. Cristo é a prova de como Deus é soberano e de como se apropria até mesmo do mal para cumprir seus propósitos.

Ninguém pode pegar Deus de surpresa! Ele sabe tudo o que vai acontecer. Deus determinou um fim, e Ele, somente Ele,sabe quando isso será.
Deus é o grande autor da História e de uma forma misteriosa e maravilhosa, o homem não fica sem suas responsabilidades diante do Eterno.

Jesus sabia que iria morrer numa cruz, com pregos, martelos, madeira. Aliás, como carpinteiro, ele estava bem acostumado com tais instrumentos. O autor da própria vida morrendo nas mãos dos pecadores! O Carpinteiro do universo morrendo nas mãos de suas pequenas criaturas!

Antes de ir a Jerusalém, o Senhor decidiu passar na casa de seus amigos: Lázaro e suas duas irmãs, Marta e Maria. Em sua casa, ele comeu e conversou muito.
Na sociedade pós-moderna em que vivemos hoje, não sabemos valorizar pequenas coisas, mas de grande importância, como família e amigos. Estamos preocupados em produzir, em ganhar mais dinheiro, em ganharmos fama e etc.
Queremos falar com pessoas do Japão, EUA, Canadá e etc, mas nos esquecemos de dar bom dia a nossos vizinhos.

Jesus procurou estar o maior tempo possível com as pessoas que ele amava. Até mesmo com seus inimigos ele demonstrou amor. Que possamos seguir seu exemplo.
Cristo não se desesperou! Ele jantou com seus amigos, cantou hinos e foi orar em um jardim. Neste Jardim ele sentiu grande angústia, mas ao invés de preocupar-se consigo mesmo, estava querendo proteger seus companheiros.

Como alguém pode pensar tanto em seu próximo?

Jesus não foi egoísta nem mesquinho! Ele se doou completamente a seus semelhantes. Foi misericordioso,compreensivo,paciente, amoroso.
Até mesmo na cruz preocupou-se com seu próximo. A um ladrão LEVANTOU SUA VOZ para lhe garantir salvação. À sua mãe dirigiu seus cuidados. Ao Pai rogou perdão por aqueles que lhe maltratavam. Tudo isso exigia muito esforço dele.

Jesus rogou por seus discípulos! Orou pela restauração de Pedro que o negaria. O Senhor disse a ele: Hoje me negarás antes que o galo cante. Ao dizer isso ,Jesus estava mostrando a Pedro que seu amor era incondicional. Jesus amava a Pedro e nada poderia mudar esse amor, nem mesmo uma traição. Aliás, todos o Traíram, porque todos o deixaram. O pastor foi ferido e as ovelhas se dispersaram.

Não sabemos o dia de amanhã! Por isso não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje. Aproveite cada instante que lhe resta para amar sua família e para estar com ela. Do mesmo modo com seus amigos.
Perdoe quem lhe fez mal, assim como Cristo fez. Conforte aqueles que temem te perder ficando a seu lado.
Não seja um pai ausente. Não seja uma mãe distante de seus filhos. Mas seja como Cristo.
Mas, como Cristo, entregue-se completamente nas mãos de Deus e dê a ele a glória devida. Entregue seus caminhos a ele e o mais ele fará.

Quando lemos o evangelho de João, percebemos que a partir do capítulo doze, um tom de despedida surge. Algo melancólico e triste está acontecendo e por acontecer.
Só posso terminar dizendo: Quão lindo é o amor do nosso amado salvador Jesus Cristo.

domingo, 4 de dezembro de 2011

A Mão de Deus



Ensinar-vos-ei acerca da mão de Deus, e não vos encobrirei o que está com o Todo-Poderoso.(Jó 27.11)

Estudo por Frankcimaks Oliveira


I-Opera Sinais e maravilhas
1-Enviou as pragas ao Egito(Ex 8.19)
2-Escreveu nas tábuas de Pedra seus mandamentos(Ex 31.18)
3-Expulsa demônios e faz ruir o império de Satanás(Lc 11.20)
4-Destrói os inimigos de seu Povo(Ex 15.12)
5-Liberta seu povo do jugo opressor(Dt 26.8)

II-Sustenta todas as Coisas
1-O Céu, a terra e o mar estão nas Suas mãos(Is 40.12)
2-A alma de todo ser vivo e o espírito de toda carne humana(Jó 12.10)
3-Os Pastores de sua igreja(Ap 1.16)
4-Cada um de nós que tememos o seu nome(Is 41.10)(Sl 63.8)

III-É a fonte de Providência
1-Para toda a eternidade(Sl 16.11)
2-Que nos livra do mal e nos salva(Sl 20.6;138.7)
3-Que nos faz gozar do nosso trabalho(Ec 2.24)
4-Que usa quem ele quer para abençoar seu povo e sua obra(Ed 7.6)(Ne 2.8)

IV-É Símbolo de Poder
1-Deus é louvado por sua poderosa mão:"Forte é a tua mão"(Sl 89.13)
2-Deus resgata o pecador das mãos do Valente:"Por uma mão poderosa os lançará de sua terra"(Ex 6.1)
3-A destra do poder é o lugar de mais honra e autoridade no céu:"Desde agora o Filho homem se assentará a destra do poder de Deus"(Lc 22.69)
4-Deus tem poder para mudar a situação a qual nos encontramos:"Humilhai-vos sob a potente mão de Deus para que a seu tempo vos exalte"(1 Pe 5.6)(Sl 10.12)

V-É Símbolo de Misericórdia
1-Que sempre está disponível para os que se arrependem(Is 59.1)
2-Que levanta o caído(Sl 37.24)
3-Que socorre os que o temem(Sl 119.173)
4-Que liberta o oprimido(Mc 9.27)

VI-É Símbolo de Justiça e Juízo
1-Que punirá a todos seus inimigos(Sl 21.8,9)
2-Deus não poupará aqueles que pisam no sangue de seu filho, desprezando sua salvação:"Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus Vivo"(Hb 10.31)
3-Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? É Deus quem os justifica. Jesus morreu e ressuscitou para nos garantir que nada nos separará de seu amor.Ele está a Destra da mão de Deus intercedendo por nós(Rm 8.31-39)
4-Nada nem ninguém pode nos arrebatar das mãos de Deus(Jo 10.28)

Louvado seja Deus que com sua potente mão nos tirou das trevas e nos trouxe para sua luz.Estamos sob sua poderosa mão e em breve estaremos a sua destra nas alturas, exaltados pelo próprio Deus.
Sua forte mão faz com que o louvemos pelos seus grandes feitos e por seus grandes livramentos. Eu sei que o Senhor salva seus ungidos!

Sua mão nos levanta quando as provam nos lança ao chão. Sua destra de justiça nos sustenta, dando-nos força para irmos até o fim da jornada com Cristo.

Somos gratos a Deus por todos os sinais que operou em nosso favor, arrancando-nos das mãos do valente( diabo/ Faraó) e nos firmando em sua bondosa mão, que nos garante vida eterna.

Essa mesma mão não poupará aqueles que pisam no sangue de seu filho Jesus e zombam dele todos os dias, desprezando seu sacrifício no calvário pelos seus pecados.

Que você se humilhe debaixo dessa poderosa mão, sujeitando-se ao Senhor Jesus, que é poderoso para nos salvar. Amém!

sábado, 3 de dezembro de 2011

O Pequeno Zaqueu e os vários"Golias



E, tendo Jesus entrado em Jericó, ia passando.
E eis que havia ali um homem chamado Zaqueu; e era este um chefe dos publicanos, e era rico.
E procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da multidão, pois era de pequena estatura.
E, correndo adiante, subiu a um sicômoro bravo para o ver; porque havia de passar por ali.
E quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa.
E, apressando-se, desceu, e recebeu-o alegremente.
E, vendo todos isto, murmuravam, dizendo que entrara para ser hóspede de um homem pecador.
E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado.
E disse-lhe Jesus: Hoje veio a salvação a esta casa, pois também este é filho de Abraão.
Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.
(Lucas 19:1-10)

Estudo por Frankcimarks Oliveira


1-Zaqueu teve que enfrentar a grande multidão
2-Zaqueu teve que enfrentar seu orgulho
3-Zaqueu teve que enfrentar suas limitações
4-Zaqueu teve que enfrentar seus medos
5-Zaqueu teve que enfrentar sua avareza
6-Zaqueu teve que enfrentar a si mesmo

Muitas vezes nas nossas vidas temos que enfrentar gigantes terríveis. É uma questão de sobrevivência vencermos os obstáculos que surgem.
Hoje aprenderemos grandes lições com um pequeno homem que já cansado da vida que vivia, resolveu ir até aquele que é o Salvador de todos os que invocam sinceramente seu nome: Jesus.

Zaqueu tinha um péssimo hábito: roubar as pessoas. A bíblia não chega a dizer explicitamente esse fato, mas podemos inferir essa verdade. Como chefe dos cobradores de impostos, Zaqueu administrava todo o dinheiro recebido por meio de tributos de seu povo para o império romano. Ele e todos os publicanos eram considerados traidores nacionais, portanto eram odiados pelos judeus.

O Problema era que Zaqueu não só cobrava o valor estipulado por roma, mas aumentava e muito o valor do tributo para seu próprio enriquecimento.

A Bíblia diz:



Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça, e os seus aposentos sem direito, que se serve do serviço do seu próximo sem remunerá-lo, e não lhe dá o salário do seu trabalho. (Jr 22.13)

Zaqueu construiu sua fortuna sobre a miséria dos outros. Seu povo já estava debaixo de um jugo muito pesado, não bastasse, tinha que pagar taxas mais altas por causa da avareza daqueles que detém o poder.

Infelizmente, a corrupção se alastrou sobre o gênero humano. Este é capaz de qualquer coisa para ter sucesso e ser bem sucedido na vida. Mas o Senhor contempla todas as coisas e chegará o dia em que ele manifestará tudo o que está em oculto.

A consciência de Zaqueu não o deixava dormir. Ele simplismente não tinha paz, nem com os homens e nem com Deus. Ora, Zaqueu também era Judeu, conhecia os mandamentos do Eterno:

Não furtarás.
Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.(Ex 20.15,17)


Zaqueu cobiçou o dinheiro de seus irmãos e fez dele um bezerro de ouro para idolatrar.

Quantos hoje não fazem o mesmo que Zaqueu? Fizeram de Mamom seu deus. O dinheiro os controla, sugam seu tempo e suas energias. O dinheiro está assentado sobre um altar em seus corações e tais pessoas vivem pensando em como ter mais dinheiro e obter mais e mais poder. Ora, quem tem dinheiro tem poder, logo consegue "controlar" as pessoas em sua volta.

Mas chegou o dia de romper. Zaqueu estava farto de seu estilo de vida. Ele queria uma nova chance, uma nova oportunidade. Nunca é tarde para se arrepender! O dia aceitável é hoje! Não importa o que voce tem feito da sua vida, mostre a Deus um coração quebrantado e contrito e o Senhor não te desprezará.

Nosso Deus é bom e grande é sua misericórdia, ela se estende de geração a geração e chega até as mais excelsas nuvens.

Claro que não é fácil para um pecador chegar até Cristo. Perceba que embora Zaqueu tenha se esforçado tanto, se arriscado tanto, foi Cristo quem foi até Zaqueu.

Sem Jesus não podemos fazer nada, absolutamente nada. Sem Cristo estamos perdidos e por mais que lutemos contra tudo e todos, sem seu auxílio, seremos os mais frustrados perdedores.

Somos fracos e pequenos diante dos gigantes que tentam nos afastar do amor de Deus. Mas Cristo é forte e já venceu todos os obstáculos para nos dar vitória. Basta que creiamos.

A multidão tentou impedir Zaqueu de chegar próximo de Jesus. Ela o apertava para que não se movesse. Querido, tenho experiências nesse sentido. Muitas vezes estamos determinados a buscarmos Deus em nossas vidas, mas sempre acontece algo para nos impedir de fazer tal façanha. Um problema na família, no trabalho, na vizinhança, etc. Pessoas que tentam nos impedir de caminharmos na direção do Salvador.

Lembre-se: Tudo conspira contra alguém que sinceramente quer Deus em sua vida.
Mas lembre-se também: Maior é Deus do que todas as coisas!

Zaqueu era rico. Vestia-se muito bem. Tinha fama, status. Mas teve de vencer seu orgulho para poder se misturar com a gentinha que seguia a Jesus. Teve que superar sua vaidade, sua soberba e seu medo.

Muitos ricos, em outros tempos, jamais seriam vistos dentro de um templo evangélico. Os crentes eram chamados de bodes, de gentinha burra, etc. As coisas mudaram. Hoje os templos são ricos e suntuosos, atraem as elites sociais. Médicos são crentes, advogados são crentes, juízes e autoridades políticas.

Infelizmente o evangelho também mudou muito, pelo menos os homens o mudaram. Não se prega um evangelho de mudança de vida, de transformação de caráter. Hoje se diz: Venha como estás e permaneça do mesmo jeito.

Jesus não mudou! Ele e somente ele tem poder de transformar vidas.

Zaqueu se arrependeu e disse: Devolverei tudo que roubei e darei 4 vezes mais a quem defraudei.

Será que hoje vemos isso? Será que os ricos da igreja são confrontados? Ou será que eles podem sonegar impostos, e continuar nos templos louvando a Deus?

Pois digo que não louvam a Deus, mas a seu deus de ouro, seu ídolo AVAREZA. Homens que dizem conhecer Deus, mas não pagam seus funcionários justamente, antes os explora como escravos e enriquecem ilicitamente. Isso também se aplica até mesmo a pastores que exploram as pessoas mais simples e tiram delas tudo o que possuem e o pior, em nome de Deus.

Zaqueu teve que enfrentar seus complexos, seus espinhos. A árvore que ele subiu era uma sicômoro que tinha espinhos enormes. Vença seus complexos, suas dores, suas feridas. Mostre todas elas a Jesus e ele as curará.

Zaqueu desceu depressa sob a ordem de Jesus. Ele obedeceu a Cristo, o recebeu em sua casa e recebeu sua salvação.

Jesus veio buscar os perdidos. Ele veio para cada um de nós. Que Jesus te abençõe!

sábado, 26 de novembro de 2011

Vencendo Gigantes


E saberá toda esta congregação que o SENHOR salva, não com espada, nem com lança; porque do SENHOR é a guerra, e ele vos entregará na nossa mão.
Assim Davi prevaleceu contra o filisteu, com uma funda e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou; sem que Davi tivesse uma espada na mão.
(1 Samuel 17:47,50)

Estudo Por Frankcimarks Oliveira


1-Davi teve de vencer o medo;
2-Davi teve de vencer a incredulidade;
3-Davi teve de vencer a resistência de seus irmãos;
4-Davi teve de vencer o desprezo de seus inimigos;

O Tamanho de Golias impunha medo:

Ouvindo então Saul e todo o Israel estas palavras do filisteu, espantaram-se, e temeram muito.(v.11)

Era um medo Generalizado. Todos, simplismente todos, tremiam diante de Golias.
O Diabo tenta se impor de forma que todos o temam. Pois ele sabe que o medo paraliza a fé. E Deus só pode agir em nosso favor se tivermos fé.

De fato o inimigo tem força. Paulo disse para não desprezarmos seus ardis.Mas a Biblia também diz: Sujeitai-vos, pois a Deus, RESISTE ao diabo e ele fugirá de vós.
Golias, creio eu, representa o diabo, nosso inimigo maior, como também todos os problemas que temos que enfrentar nessa vida. Existem problemas que surgem em nossa frente que são verdadeiros gigantes armados, mas do Senhor é a guerra!

A armadura de Golias nos fala de resistência. Sua lança de habilidade, astúcia, força.E seu escudo nos fala de barreiras.(v.5-7)

Chegamos a pensar que é impossível vencermos. E de fato o é, pois somente o Senhor consegue vencer por nós. Foi a pedra quem matou Golias, a preciosa pedra de esquina, que os edificadores rejeitaram, Jesus!

As palavras de Golias nos fala de ameaças, escárnio, provocação. Ele procurou desestabilizar as emoções de Israel e conseguiu. Apenas um jovem que mantinha seus olhos em Deus pôde se manter firme diante de tantas ameaças.(v.8-11)

Nos momentos de luta sempre ouviremos palavras contrárias, que querem nos desmotivar a prosseguir, mas se mantivermos nossos olhos no autor e consumador da fé, onze mil cairão ao nosso lado e não seremos atingidos.

Precisamos aprender:

1-Toda luta e procedida de recompensas(v.25)
2-Devemos enchergar as oportunidades e não as dificuldades(v.26)


E diziam os homens de Israel: Vistes aquele homem que subiu? Pois subiu para afrontar a Israel; há de ser, pois, que, o homem que o ferir, o rei o enriquecerá de grandes riquezas, e lhe dará a sua filha, e fará livre a casa de seu pai em Israel.
Então falou Davi aos homens que estavam com ele, dizendo: Que farão àquele homem, que ferir a este filisteu, e tirar a afronta de sobre Israel? Quem é, pois, este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?
E o povo lhe tornou a falar conforme àquela palavra dizendo: Assim farão ao homem que o ferir. (1 Sm 17.25-27)

Sabe, Davi não foi um interesseiro, mas um oportunista, no melhor sentido da palavra. Pois sabia o risco que correria. Sua vitória fez com que ele entrasse para a família real, e tornou a casa de seu pai ixenta de pagar impostos.

Veja nas dificuldades grandes oportunidades de vitórias e Deus honrará sua fé.

A oposição começou a se levantar dentro da casa de Davi. Seu irmão o acusou de presunçoso e mau.(v.28)

Ora, estejamos preparados para as incompreensões que se levantarão. Na verdade, Davi já havia sido ungido com o oléo real, seu irmão o odiava por causa disso, pois não fora escolhido pelo profeta. Davi estava revestido da presença de Deus e somente ele poderia derrubar Golias e dar vitória a Israel.

Quando a presença de Deus está na vida de alguém, até mesmo pessoas próximas, amigos, familiares, serão opositores daquele.

Davi não deu ouvidos as palavras contrárias de seu irmão mais velho. Não bastasse isso, toda a congregação de Israel não acreditava que o pequeno Davi fosse capaz de derrotar um homem experiente nas guerras como Golias. Quem olhava para Davi o desprezava, pois era de gentil aspecto e franzino. Nem mesmo o rei acreditou:

Porém Saul disse a Davi: Contra este filisteu não poderás ir para pelejar com ele; pois tu ainda és moço, e ele homem de guerra desde a sua mocidade.(v.33)

Davi logo respondeu: Eu sou moço, mas já tive experiências com o Todo-Poderoso!(v.34-36)

1-Já matei o leão
2-Já matei o urso
3-Deus me entregará esse incircunciso nas minhãs mãos.

Tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus. As pequenas e médias provas que passamos é Deus nos preparando para grandes combates. Estamos sendo calejados para suportarmos o pior que ainda está por vir. Mas maior é Deus que está conosco!

Precisamos ter um testemunho próprio: Já venci antes e vou vencer agora! Deus é fiel!

O segredo de Davi é que ele sempre atribuiu a Deus suas conquistas. Dê glória a Deus em tudo e Deus sempre te dará vitória :

Disse mais Davi: O SENHOR me livrou das garras do leão, e das do urso; ele me livrará da mão deste filisteu. Então disse Saul a Davi: Vai, e o SENHOR seja contigo.(v.37)

Para concluírmos:

1- Davi usou aquilo que ele dominava bem para derrotar o Gigante: uma funda e pedras.(v.40)

2- Davi confiou não em suas habilidades, mas no nome de seu Deus( v. 45)- O homem que confia em si mesmo é maldito e termina sempre confundido.

3-Davi conhecia os propósitos de Deus em tudo aquilo: Todos verão que o Senhor Salva.- Deus não faz nada sem propósitos firmes.(v. 47)

4-Davi agiu na hora certa( v.48-49)

5-Davi exterminou por completo o problema seu e de seu povo: Arrancou a cabeça de Golias, ou seja, arrancou o mal pela raíz.(v.51)



6-Davi foi um instrumento encorajador nas mãos de Deus para Israel também lutar(v.52,53)

7- Davi honrou seu pai Jessé.(v.58) - Deus honra aquele que sabe dá honra. Ninguém chega a lugar algum sozinho. Honre seus pais, honre aquele que te ajudou a chegar onde voce está e principalmente honre o seu pai que está nos céus, ao Deus que te criou e te formou. A Ele seja toda a honra, glória e louvor para sempre e sempre, Amém.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

As Aparências Enganam!


Porém o SENHOR disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração. (1 Sm 16.7)

Estudo Por Frankcimarks Oliveira


1-O Senhor esquadrinha nosso íntimo(1 Cr 28.9)
2-Deus nos conhece desde o ventre materno(Sl 139.1-5,15-16)
3-Todo Homem vive de aparência(Sl 39.6)
4- A falsa aparência de prosperidade dos ímpios é despreada por Deus(Sl 73.20)
5-Não é bom dar importância as aparências das pessoas( Pv 28.21)
6-Jesus não tinha uma boa aparência( Is 53.2)
7- Quem conviveu com Cristo testemunhou que ele não considerava a aparência exterior(Mt 22.16)
8-A "boa" aparência religiosa não convence Deus( Gl 6.12)
9-A falsa aparência de Piedade(2 Tm 3.5)
10- A APARÊNCIA DOS FALSOS APÓSTOLOS(2 Co 11.13-15)
11-Paulo repreendeu Pedro por sua dissimulação com os crentes( Gl 2.13,14)
12-A figueira maldita representa a endumentária religiosa, muita folha e pouco fruto(Mt 21.18,19)
13-o Falso fervor religioso( Jl 2.12,13)
14-A aparência dos Farizeus não enganou Jesus( Mt 22.25-28)
15-Deus sempre olha para dentro/ interior:

a-Quando estávamos na barriga de nossas mães
b-Jesus dentro do templo era maior que o templo
c-A moeda dentro do peixe
d-os objetos depositados na arca da aliança
e-A família de Noé e os animais dentro da arca
f-O Espírito santo dentro de nós, meros vasos de barro
g-Jesus dentro do barco
h-Jesus no nosso meio



Vivemos tempos difíceis. Nunca foi tão necessário o dom de discernir os espíritos.Pois bem, hoje aprenderemos o como nos escondemos por trás de máscaras e o quanto a religiosidade aborrece ao Senhor.

O povo de Israel havia escolhido Saul como rei, exatamente porque não havia homem tão belo quanto ele. Quando Samuel foi a casa de Jessé para ungir um novo rei, considerou a beleza do primogênito, e foi repreendido pelo Senhor: Não olhes para a sua formosura nem estatura, porque o tenho rejeitado. O senhor não vê como o homem vê...

Davi era o menor, o mais insignificante, franzino e frágil. Porém sincero e grato àquele que lhe contemplava trabalhando nas malhadas.
Fora ungido rei, confundindo a todos em sua casa. Pois Deus não mudou. Ele nos sonda e nos conhece por dentro. Não precisa que ninguém lhe fale sobre o homem, porque ele bem sabe o que há no homem. Antes mesmo que haja palavras em nossa boca, Ele ja conhece. Nossos desejos mais íntimos são iluminados por seus olhos de fogo. Porque diante dele não há nenhuma criatura encoberta, antes tudo está nú e patente aos seus olhos.

Por isso mesmo precisamos agir com humildade e sinceridade diante do Criador, porque não adianta dissimular diante dele, é perda de tempo querer enganar o todo poderoso. Melhor é confessarmos a ele tudo, nossos medos, desejos, raivas, etc.

Infelizmente no mundo religioso sempre se valoriou a estética, a aparência externa das pessoas e as pregações nos pulpitos refletem essa verdade. A santidade não está nas vestes que usamos, mas dentro do nosso coração, que precisa ser purificado pelo sangue do cordeiro. Ora, é muito fácil aparentar uma imagem de piedade perante a sociedade, mas Deus esquadrinha os rins!

Quantos escândlos não ouvimos falar de padres, pastores, rabinos, etc, que a sociedade admirava, que aparentavam ser as pessoas mais santas da face da terra?

Na verdade, todo homem anda numa vã aparência; na verdade, em vão se inquietam; amontoam riquezas, e não sabem quem as levará. (Sl 39.6)

Todos vivem numa vã aparência. Mas principalmente os mis ricos. Estes procuram ostentar poder, brilho, porém muitas vezes são as pessoas mais frustradas do universo. Muitos só dormem a base de remédios,ou se suicidam. É claro que existem muitos ricos sinceros e honestos! Também não sabemos a procedência de suas fortunas.É melhor ser um pobre honesto do que um milionário corrupto!

Por que damos tanta importância para aquilo que as pessoas têm e não pelo que elas são? Porque nos falta caráter! Gosto de dizer que a religião nos muda por fora, entretanto Deus nos transforma por dentro.

Por que voce acha que jesus veio a esse mundo como um homem sem beleza nem formosura, como disse Isaias? Por que ele queria atrair as pessoas para si exatamente pelo que ele era de fato!

Jesus foi desprezado, julgado por ser pobre. Muitos se impressionavam com sua sabedoria e não acreditavam que algo bom pudésse vir de Nazaré. É, realmente as aparências enganam.


Quem olhava para Cristo via apenas um carpinteiro, mas não sabiam que estavam diante do próprio arquiteto do universo.
Quem o olhava via apenas um cordeiro manso, mas não sabiam que estavam diante do próprio Leão de Judá, juiz dos homens.
Quem o via enchergava apenas o filho de josé e Maria, porém não imaginavam que ele era o filho do próprio Deus, o resplendor de sua glória.

Nós também julgamos pelo esteriótipo. Não estamos isentos de errar, precisamos olhar como Jesus olhava. Quando olhava uma prostituta, um publicano, um pecador, Cristo olhava com olhar de misericórdia, não com olhar de superioridade. Cristo não fazia acepção de pessoas. Hoje nas igrejas se entrar um bêbado logo é posto para fora. Se entrar uma mulher com roupas mais ousadas ou diferentes das que as irmãs usam,o culto praticamente é deixado de lado.

Sinceramente necessitamos aprender tudo de novo. Estamos equivocados com bons costumes. A biblia não é suficiente para trazer bons costumes? Será que precisamos acrescentar a ela nossa cultura ou filosofia? Acho que não!

Em igrejas mais tradicionais você ouvirá por boa parte do ano varias vezes a mesma palavra. Sempre para as mulheres, a cerca da vaidade, ou melhor da higiene e estética. Parece que a Biblia só tem isso a ensinar ou são os obreiros que negligenciam o estudo das escrituras.

Deus está farto de aparências:

Ainda assim, agora mesmo diz o SENHOR: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto.
E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal.(Jl 2.12,13)


Nos acostumamos com encenações emotivas dentro dos templos. Deus sabe disso muito bem. Ora, parece que é mais difícil o arrependimento de coração. Até mesmo os sacerdotes viviam a máscara do fervor religioso. Acostumaram-se com os ritos e estavam a léguas do Eterno.


Paulo pregou muito sobre falsos obreiros que se infiltrariam no meio do povo de Deus. TRIGO se parece muito com joio, mas não deixa de ser trigo. O joio mais cedo ou mais tarde será queimado no fogo.
Jesus também disse: acautelai-vos com os falsos profetas que virão até vós como ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores.
O apóstolo dos gentios disse que até mesmo satanás se transfigura em anjo de luz, logo não é de impressionar que seus ministros também se transfigurem em apóstolos de Cristo pra enganarem os mais simples na fé. Vigiemos, pois.

Quando entra alguém( cantor ou pregador) bem vestidos na igreja as pessoas param, elogiam, cumprimentam. Só Deus conhece a vida dessa pessoa. Muitos adúlteros estão pregando e cantando nos púlpitos, ou melhor, enganando. Não que seja errado cuidar da estética, mas isso não deve ser prioridade. Conheçamos, pois, a procedências desses artistas gospeis.

A religião judaica dos dias de Jesus era uma figueira cheia de folhas, ou seja, aparentemente bela, com tantos ritos de purificação, com tanta moralidade, etc, mas não produzia frutos. Jesus virou as mesas dos cambistas e disse: Minha casa será chamada casa de oração, mas voces fizeram dela um covil de ladrões. Deus olha sempre para o interior e não para o exterior.


Até mesmo o apóstolo Pedro em certo momento de sua vida se deixou levar pelas aparências. Quando estava com os irmãos gentios se comportava como um gentio, porém quando os irmãos judaizantes chegavam ele mudava de partido, era o famoso "duas caras". Por isso foi severamente repreendido por Paulo na frente de todos.

E para terminar gostaria de dizer que Deus sempre olha para dentro. Não quero dizer que não devemos nos importar com nossa aparência externa e nos abandonarmos ao deslexo. Mas que tudo seja feito dentro de nossas posses e com descência. Sejamos aquilo que somos!

Davi era rei e se vestia como um rei, mas seu coração estava em Deus.Ele disse: Não tenho outro bem alem de ti. Quando tinha de se despir fazia isso adorando ao verdadeiro rei, bailando e dançando de prazer. Por Deus nos conhece por dentro.

Se Deus te der condições compre as melhores roupas, objetos, etc, mas nunca se esqueça de onde o Senhor te tirou: de trás das malhadas.Pior ainda são aquelas pessoas que não t~em nem o que comer direito e querem aparentar algo que não são. Compram roupas caras, perfumes de marca, e para isso deixam de alimentar seus filhos, ou se individam e não pagam.

O que vale mais para Deus é o que está dentro! Seja alguém honesto e de caráter.

O peixe que Pedro pescou tinha uma moeda dentro dele. Com essa moeda eles puderam pagar os impostos. Deus está nos dizendo que procura algo de valor dentro de cada ser humano. Um peixe mesmo sendo simples possuia algo de valor dentro dele.

O que estava nas arcas era que realmente importava para Deus. A vara de Aarão, o maná da vida e os mandamentos. Do mesmo modo os animais e a família de Noé.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniqüidade.
Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia.
Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade. (Mt 23.25-28)

Limpemos o copo por dentro primeiro. Não sejamos como sepulcros pintados de cal, que por fora são brancos, mas por dentro só têm podridão.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

O Milagre está Mais Perto do que Você Imagina !


E o SENHOR disse-lhe: Que é isso na tua mão?( Êxodo 4:2 )

Estudo Por Frankcimarks Oliveira


O que Tens nas mãos?

1-Um Cajado(Ex 4.2)
2-Uma funda e algumas pedrinhas(I Sm 17.40)
3-Um Jarro de Azeite(2 Rs 4.1-7)
4-Um pouco de Farinha( I Rs 17.13-16)
5-Cinco Pães e dois peixinhos(Mt 14.17)
6-Uma rede de pesca(Jo 21.6)
7-Uma Agulha de costura(At 9.36-39)

Sempre me surpreendo com a grandeza e sabedoria do Senhor. Ele usa coisas insignificantes para mostrar o quanto ele é Grande. A própria criação manifesta a grandeza do nosso Deus. Mas diante de um universo tão vasto, o Eterno escolheu engrandecer seu nome através de pequeninas coisas ou pessoas, como eu e você.

Alguém que realmente é importnte não precisa se esforçar muito para impressionar sua platéia. Não que Deus seja um animador de palco, mas que ele consegue tirar nosso fôlego com suas ações, isso ele faz.

Moisés estava diante de um grande mar, sendo perseguido por Faraó, então pôs-se a clamar:


Então disse o SENHOR a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem.
E tu, levanta a tua vara, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco. (Ex 14.15-16)

Assim como Moisés cuidava do rebanho de Jetro com aquele cajado, guiando-as por um bom caminho, Deus conduziu seu povo através de Moisés pelo deserto.

O milagre estava mais perto do que os Hebreus pensavam. Estava nas mãos de Moisés.

Do mesmo modo o pequenino Davi ao enfrentar o poderoso Golias. Davi se pôs nas mãos do todo Poderoso e usou o que tinha em suas mãos de pastor de ovelhas. Uma funda e cinco pedras tiradas de um ribeiro foram suficientes para derrubar o devorador Filisteu. Golias era um lobo faminto por sangue, o sangue dos filhos de Deus.

O Milagre estava mais perto do que os Hebreus podiam imaginar. Estava nas mãos de Davi.

A história se repetiu na vida de uma mãe desesperada e individada. A viuva estava prestes a perder seus filhos, quando rogou a Eliseu:


Meu marido, teu servo, morreu; e tu sabes que o teu servo temia ao SENHOR; e veio o credor, para levar os meus dois filhos para serem servos. 
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite. (2 Rs 4.1-2)


Ela não sabia, mas seu milagre estava mais perto do que ela podia imaginar. Estava dentro de sua própria casa. Deus faz o pouco multiplicar e render .Aquela mulher pagou suas dívidas e viveu com o restante do azeite.

Do mesmo modo outra viuva, que acolhera o profeta Elias:


Então ele se levantou, e foi a Sarepta; e, chegando à porta da cidade, eis que estava ali uma mulher viúva apanhando lenha; e ele a chamou, e lhe disse: Traze-me, peço-te, num vaso um pouco de água que beba.
E, indo ela a trazê-la, ele a chamou e lhe disse: Traze-me agora também um bocado de pão na tua mão.
Porém ela disse: Vive o SENHOR teu Deus, que nem um bolo tenho, senão somente um punhado de farinha numa panela, e um pouco de azeite numa botija; e vês aqui apanhei dois cavacos, e vou prepará-lo para mim e para o meu filho, para que o comamos, e morramos.
E Elias lhe disse: Não temas; vai, faze conforme à tua palavra; porém faze dele primeiro para mim um bolo pequeno, e traze-mo aqui; depois farás para ti e para teu filho.
Porque assim diz o SENHOR Deus de Israel: A farinha da panela não se acabará, e o azeite da botija não faltará até ao dia em que o SENHOR dê chuva sobre a terra.
E ela foi e fez conforme a palavra de Elias; e assim comeu ela, e ele, e a sua casa muitos dias. (i Rs 17.1-10)


Deus interviu na história dessa mulher, dando-lhe o livramento e o sustento. Ela mal podia imaginar que seu milagre estava tão perto dela. Dentro de sua própria casa. O Pouco com Deus é muito e o muito sem Deus é Nada!

O Senhor não precisa de muita coisa para fazer um milagre em nossas vidas. Quando estava pregando nos desertos para multidões famintas, Cristo sentiu compaixão dos pobres :


E, sendo chegada a tarde, os seus discípulos aproximaram-se dele, dizendo: O lugar é deserto, e a hora é já avançada; despede a multidão, para que vão pelas aldeias, e comprem comida para si.
Jesus, porém, lhes disse: Não é mister que vão; dai-lhes vós de comer.
Então eles lhe disseram: Não temos aqui senão cinco pães e dois peixes.
E ele disse: Trazei-mos aqui.
E, tendo mandado que a multidão se assentasse sobre a erva, tomou os cinco pães e os dois peixes, e, erguendo os olhos ao céu, os abençoou, e, partindo os pães, deu-os aos discípulos, e os discípulos à multidão(Mt 14.15-19)


Deus é um ser extremamente organizado. Primeiro ele tomou o pequeno lanche de um rapazinho em suas mãos, mandou que todos se sentassem em lotes, e só então fez o milagre.

Quem poderia imaginar que cinco pães e dois peixinhos pudéssem alimentar uma multidão de mais de cinco mil homens? Era o que tinham em mãos e foi o que apresentaram ao Senhor.

Apresente o que você tem em suas mãos ao Senhor, não importa a significância, tenha fé e mostre isso a Deus. Permita que o nome do Eterno seja glorificado através do pouco que voce tem.

Pode ser um currículo, uma aptdão, um diploma, etc, etc. Voce entendeu o que eu quis dizer. Se não tiver nada, mostre suas mãos e diga: Te dou minha vida!
Voce não sabe, mas o milagre está mais perto do que voce pode imaginar...

Dorcas usava o que tinha em suas mãos não para si mesma, mas para ajudar os mais necessitados. Que façamos o mesmo. Que sejamos úteis ao reino de Deus, servindo aos mais carentes. Dorcas costurava roupas e as doava. Voce pode ser um instrumento nas mãos de Deus para abençoar vidas. Voce crer? Voce Quer?

Use aquilo que voce tem habilidades, porém coloque-se na dependência de Deus e serás bem sucedido. Os pescadores sabem usar redes, os pastores sabem usar cajados para guiar seu rebanho, ou fundas e pedras para protegê-lo.

Deus te abençõe em Cristo Jesus!

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A verdade Dos Montes


E, descendo o SENHOR sobre o monte Sinai, sobre o cume do monte, chamou o SENHOR a Moisés ao cume do monte; e Moisés subiu.( Êxodo 19:20 )

Estudo Por Frankcimarks Oliveira

Muitos fatos importantes da Bíblia ocorreram em montes. Neste estudo nos situaremos exatamente nesses fatos. Nosso objetivo é debater acerca das polêmicas criadas em torno desse tema. Há mais unção ao orararmos em montes? Há algo especial na oração feita nos montes?

I- Abraão subiu um monte para cumprir uma ordem dada pelo próprio Deus. Lá ele foi provado(Gn 22.14)
II-Moisés subiu um monte para receber as tábuas dos mandamentos de Deus.Lá ele recebeu revelações(Ex 34.29)
III-Elias subiu um monte para visualizar a chuva que viria. Lá ele orou intensamente e contemplou a fidelidade de Deus. Foi num monte também que Elias enfrentou os profetas de Baal. Lá ele lutou contra a apostasia. Também foi num monte que Elias se escondeu da ira de Jezabel(1 Rs 18-19)
IV-Aarão subiu um monte a mandado de Deus e ali morreu.Lá ele entregou seu fôlego de vida(Nm 33.8)
V-Salomão edificou o Templo num Monte em Jerusalém. Lá ele estabeleceu a comunhão(2 Cr 3.1)
VI-Calebe lutou contra gigantes para conquistar um monte.Lá ele conquistou as promessas(Js 14.12)
VII-Jesus fez seu primeiro sermão em um monte(Mt 5)
VIII-Jesus subia Montes para ficar a sós com Deus e orar(Mt 14.23)
IX-Foi em um Monte que Jesus se trasnfigurou para seus discípulos(Mt 17.1-9)
XI-Foi em um monte que Jesus morreu e sulplicou pelo nosso perdão(Jo 19.17)
XII-Jesus ressurgiu e subiu ao céu de um monte(At 1.11-12)
XIII- Ao retornar a este mundo, Cristo porá seus pés num monte e este se fenderá
(Zc 14.4)

Não há dúvidas de que os montes são muito importantes para Deus . O próprio Deus é chamado de El shadday. O Termo também se refere a montes. Traduzimos como o Todo Poderoso, mas também podemos chamar de o Deus dos montes. Essa designação está em todo o contexto bíblico. Deus escolheu se revelar em montes, e isso não podemos questionar.

O lugar onde Moisés mais teve intimidade e experiências com Deus foi em montes.A sarça ardeu no monte Sinai e ali Moisés foi comissionado por Deus para uma grande missão. Existem diversas referências a montes:

Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro. (Salmos 121:1)
Os montes trarão paz ao povo, e os outeiros, justiça. (Salmos 72:3 )
Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre.(Sl 125.1)
Assim como estão os montes à roda de Jerusalém, assim o SENHOR está em volta do seu povo desde agora e para sempre. (Salmos 125:2 )
Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião, porque ali o SENHOR ordena a bênção e a vida para sempre.(Sl 133.3)


Entendemos que os montes podem significar:

1- Um lugar de adoração
2- Um lugar de sacrificio
3- Um lugar de provação
4- Um lugar de oração
5- Um lugar de angústia
6- Um lugar de poder
7- Um lugar de Tristeza
8- Um lugar de Benção
9- Um lugar de Proteção
10-Um lugar de Paz e refúgio
11-Um lugar de confronto
12-Um lugar de Batalha
13-Um lugar de despedida
14-Um lugar de comunhão...

Existem muitos significados para os montes. Eles representam diversas fases de nossa vida. Momentos de alegria, mas de angústia também. A maior provação de Jesus foi no monte das oliveiras. Ali ele suou sangue e foi preso, sentiu o descaso de seus amigos e foi traído por outro.

A mulher Samaritana questionou Jesus sobre isso:

Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta.
Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar.
Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. (Jo 4.19-21)


Podemos concluir, portanto, que mais importante é a mensagem que os montes nos transmitem. Deus é espirito!
Não podemos ser místicos e acreditarmos que Deus nos ouvirá mais se formos aos montes. Se nossa oração for sincera, ele nos ouvirá de qualquer lugar.

E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.
(Mt 6.5-6)


Por que será que Jesus ia sempre ao monte?

Por que ele queria ficar sozinho com Deus, e como o filho do homem não tinha nem mesmo onde reclinar sua cabeça, quanto mais um quarto, então ele ia para os montes orar a seu pai.

Não gosto daqueles que criticam os irmãos que oram nos montes. Não há nada de mais nisso. O que importa é termos o devido entendimento, para não cairmos no misticismo e na supersticiosidade.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Meu Alvo é Cristo


Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. (Filipenses 3:14)

Estudo Por Frankcimarks Oliveira

I- Cristo é o fim da Lei( Rm 10.4)
II- Cristo é o autor da fé( Hb 12.2)
III-Cristo é o consumador da Salvação(Ap 21.6)( Jo 19.30)
IV- Cristo é o nosso Galardão(Ap 2.28)

V- Precisamos de colírio quando começamos a perder o alvo(Ap 3.18)
VI-Se desviarmos o olhar de Cristo concerteza afundaremos(Mt 14.28-31)
VII-Olhar para Trás é perder o alvo(Gn 19.26)



O apóstolo Paulo era um homem muito eloquente. Sua oratória prendia até mesmo a atenção de filósofos do mundo antigo, que paravam para ouvi-lo discursar sobre a ressureissão dos mortos, por exemplo.
Paulo pregava de modo que todos pudéssem compreendê-lo e para isso apropriava-se de cenas do cotidiano de seu público. Principalmente àqueles que já haviam abraçado a fé cristã.

Aos filipenses ele disse:

Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,
Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.
(Fp 3.13,14)


Paulo queria exortar aos irmãos filipenses que perseverassem em sua jornada rumo a terra prometida. Eles deveriam esquecer-se das coisas passadas e olharem para frente, para a nova vida com Cristo, que mesmo sendo cheia de provações e aflições aqui neste mundo, seria cheia de glória no porvir.

Ele mesmo estava aprisionado em uma cadeia, porém recomendava que os filipenses se regozijassem no Senhor, não esporadicamente, mas sempre.

Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;( 2 Coríntios 4:17 )

Aí estavam fixos os olhos do pregador dos gentios. Paulo não esperava em Deus somente nessa vida terrena e material, mas esperava das mãos do Construtor do universo um galardão na vida vindoura.

Paulo sabia que todo seu sofrimento por amor da obra de Cristo seria recompensada pelo mesmo, e que muito mais além do que merecia, ele receberia.

Entretanto, o missionário de Tarsis, também tinha conhecimento que este mundo faria de tudo para roubar sua atenção daquilo que realmente importava, que é Cristo em Nós, esperança da glória. Paulo presenciou até mesmo companheiros seus desviando-se do verdadeiro evangelho para viverem a vida com suas paixões:

Porque Demas me desamparou, amando o presente século, e foi para tessalônica,
(2 Timóteo 4:10 )


Por isso o apóstolo instruiu Timóteo a ser como um soldado, que milita
diligentementente e que não se embaraça com as coisas deste mundo.

Nosso olhor deve estar fixo em Cristo:

Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus. (Hb 12.2)

Tudo o que aconteceu com o nosso Mestre e Senhor pode nos acontecer, pois não é o servo maior que seu senhor. Suportemos , pois a cruz, e olhemos para a glória que nos espera ao lado de Deus!

Muitos cristãos se encontram apáticos em sua fé porque deixaram de olhar para Cristo. Eles perderam o brilho nos olhos, o primeiro amor esfriou-se e não mais conseguem visualizar o que o próprio Deus preparou para eles.

Jesus teve que chamar a atenção de algumas igrejas na Ásia que já não mais enchergavam tão claramente:

Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas. (Apocalipse 3.18)

Toda vez que desviarmos nosso olhar do verdadeiro Alvo estaremos sujeitos a queda espiritual.

Foi assim com Adão e Eva, com Davi, com Israel e com Pedro. Este último quis andar sobre as águas, enquanto estava olhando para Cristo tinha fé suficiente para viver o sobrenatural, porém foi só olhar para as ondas do mar que o medo se apoderou dele e quase afundou. Só nãoa fundou porque Jesus interveio e o sustentou com sua mão.

A vida é uma mar revoltoso e bravo. As vezes tudo está indo bem, mas de repente os ventos contrários fazem com que as ondas surjam e se levantem para nos afogar. AH, se não fosse Jesus em nossas vidas! Há muito tempo já teríamos afundado. Graças a Deus por sua Graça.

Precisamos caminhar nessa jornada conscientes do que estamos fazendo e para onde vamos:

Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.
E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível.
Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar. (1 Co 9.24-26)


Tem muita gente na igreja sem saber o porque está ali. Vivem despreparados e seu lema é " deixa a vida me levar".
Assim como um atleta se prepara para correr no estádio olímpico e ganhar uma coroa de louros, o cristão deve se preparar para a jornada de fé para obter em seu fim a preciosa coroa de vida eterna.

E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa da glória.
(1 Pedro 5:4 )


Mas muitos já se esqueceram dessa promessa e suas coroas já foram roubadas. Ouça a voz do bom Senhor:

Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. (Apocalipse 3:11 )

Assim como o salmista, olhemos para os montes, pois o alto é nosso foco. Busquemos as coisas que são de cima. Olhemos para os céus, nossa futura morada. Pensemos mais no dia do arrebatamento, ansiemos mais por estar com Cristo.

Os Gálatas haviam desviado seu olhar de Cristo e passaram a olhar para os rudimentos da lei. Por isso haviam caido da graça e estavam separados de Deus. Ora, Cristo é o fim da lei. Foi Dele que ela tanto falou. Jesus é o alvo da lei, o objetivo da lei e somente ele cumpriu toda a lei a fim de nos justificar diante de Deus. Querer cumprir a lei e viver por ela é no mínimo escarnecer do Salvador. Devemos, sim, sujeitar-nos a Deus e sua vontade, mas conscientes de nosso estado de incapacidade e dependencia divina.

Não deixe de olhar para aquela cruz e para aquele que foi pendurado nela:

Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro. (Isaías 45:22 )

Jesus bradou antes de morrer: Está consumado!

Os pecadores devem tudo a Cristo! Cristianismo que não dá glória a Jesus é diabólico. Cristianismo que divide a glória do Senhor com outros ídolos é qualquer coisa, menos verdadeiro cristianismo.

A mulher de Ló perdeu o foco e virou uma estátua de sal. Ela perdeu o alvo que realmente importava amando mais as coisas deste mundo do que a Deus. Ela se embaraçou por tão pouco e perdeu sua vida. Ela olhou para trás!

E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus. (Lucas 9:62 )

Não perca o foco. Não olhe para os lados, olhe para cima! Assim como Estevão, veja Cristo à destra do Poder de Deus e serás recompensado com Glória pelo Senhor da Glória...

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

O Evangelho de Jesus Cristo


Mas importa que o evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações.
(Marcos 13:10)

Estudo Por Frankcimarks Oliveira


1- O evangelho é de Jesus Cristo( Mc 1.1)
2- O evangelho é segundo Jesus Cristo e não segundo os Homens( Gl 1.11)
3- Precisamos crer no Evangelho( Mc 1.15)
4-O Evangelho é o poder de Deus para os que creem( Rm 1.16)
5-O diabo se opõe ao evangelho, pois ele revela a glória de Cristo( 2 Co 4.4)
6-O evangelho é a palavra da verdade( Ef 1.13)
7-O evangelho são as boas notícias de Deus para os homens(Mt 11.5)(Is 61.1)
(Rm 10.15)
8-O evangelho revela as riquesas incompreensíveis de Cristo( Ef 3.8)
9-O evangelho é um mistério que deve ser revelado aos homens( Ef 6.19)
10-O Evangelho deve ser anunciado em todo o mundo(Mc 16.15)
11- Os soldados de Cristo devem calçar os pés com a preparação do evangelho da paz( Ef 6.15)
12- O evangelho é o texto normativo do reino(Mt 4.23)
13- Muitos procuram transtornar o evangelho de Jesus(Gl 1.7)
14- Muitos procuram falsificar o evangelho de Cristo( Gl 1.6)
15-Aquele que anuncia outro evangelho é maldito(Gl 1.8)

Quão formosos os pés daqueles que anunciam o evangelho do Senhor. Daqueles que descem os montes para anunciar liberdade aos cativos.

Quão belos são os pés dos que anunciam boas novas de Paz. Que gritam dos outeiros: É chegado o reino dos céus, arrependei-vos e crede no evangelho.

Onde o evangelho, o verdadeiro evangelho de Jesus chega, as pessoas são abençoadas. A doutrina de Cristo na boca dos apóstolos "alvoroçou" o mundo daquela época.

Infelizmente, a História nos revela que muitos em nome de Cristo deturparam o evengelho, transformaram a verdade de Deus em mentira, pois pensavam no enriquecimento próprio.

Judas, que se infiltraram no meio do povo de Deus, mas seus objetivos eram apenas roubar a bolsa do Mestre.

A igreja romana matou em nome de Deus. Matou homens inocentes sem motivos. Simplismente porque temiam perder o poder.

Mas o evangelho não promove o terrorismo. Por isso é chamado de o evangelho da paz. É através do evangelho que conhecemos os tesouros encobertos em Cristo. Nele vemos o resplendor da glória do Messias e somos levados aos seus pés.

Os que estavam tristes ao ouvirem o evangelho se alegraram. Os que estavam nas trevas, através do evangelho, viram uma grande luz. Os que habitavam na sombra da morte, viram resplandescer a vida eterna.

Muitos sofreram e até morreram em prol do evangelho. Mas o Senhor prometeu:

E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho,
Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.(Mc 10.29-30)


Devemos, se preciso, padecermos as afliões do evangelho, como um bom soldado. Porque se padecemos por amor do evangelho, concerteza entraremos na glória que ele nos anuncia.

O evangelho é uma boa notícia, exatamente porque promete salvação ao homem pela graça de Deus e não por boas obras. Se o homem tivésse que fazer algo para alcançar sua salvação( coisa impossivel)isso não seria uma boa notícia, mas uma péssima.Pois a justiça de Deus é altíssima. Graças a Deus pelo nosso advogado Fiel, Jesus.

Gostaria de terminar dizendo:

Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?
E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas.
Mas nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem creu na nossa pregação?
De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.
Mas digo: Porventura não ouviram? Sim, por certo, pois Por toda a terra saiu a voz deles, E as suas palavras até aos confins do mundo.(Rm 10.14-18)

Chamados para Pregar!


O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos; (Isaías 61:1 )

Estudo Por Frankcimarks Oliveira


1- Jesus foi enviado a este mundo para pregar o evangelho( Is 61.1)
2- Jesus enviou seus discipúlos para pregarem o evangelho (Mc 3.14)
3- Jesus enviou Paulo para que pregasse o evangelho e anunciasse seu Nome aos gentios( At 9.13)
4- As boas novas estavam nos lábios dos pregadores(At 14.7)
5-O pregador deve viver aquilo que prega(1 co 9.27)(Rm 2.21)
6-O pregador deve ser um estudioso fervoroso das escrituras(1 Tm 4.6)(2 Tm 4.13)

7-A mensagem de um pregador:

a- Ele anuncia a Jesus e não a si mesmo(2 co 4. 5)
b- O Centro de sua mensagem é Cristo e este crucificado( salvação)(1 co 1.23)
c- Ele usa uma linguagem adequada a cada público( 1 co 9.22)( Lc 24.27- Mc 4.34)
d- Ele denuncia os falsos pregadores e tem compromisso com a verdade(2 co 11.4)

8-Muitos pregam a Cristo por inveja ou interesses, mas muitos por boa vontade
(Fp 1.15)
9-A pregação estimula a fé( Rm 10.14)

10-A finalidade de uma pregação(II Tm 4.2) :

a-Exortar( consolar, estimular)
b-Repreender( corrigir, disciplinar)( Jn 3.2)
c-Ensinar( doutrinar)

Tudo isso deve ser feito com insistência, usando da argumentação e paciência.

11-Consequências de uma boa pregação:

a- Almas se converterão ao Senhor( At 2.37-41)
b- Nações inteiras deixarão a impiedade( Lc 11.32)
c- Entretanto, nem sempre os homens crerão na pregação, por mais ungido que seja o pregador( Is 53.1)
d- Ela incomoda os ímpios. João Batista foi degolado, mas não mudou sua mensagem. Ele denunciava a imoralidade e convidava os pecadores ao arrependimento
( Mc 1.4; 6.27)

12- Características de uma boa pregação:

a- Não está baseada em filosofia ou sabedoria humanas(1 cO 2.4)
B- É Acompanhada da forte ação do Espírito Santo(I co 2.4)
c- É feita na dependência do Senhor e precedida de muitas orações( Ef 6.19)(Cl 4.3)
d- É uma pregação bíblica, ou seja, somente a palavra de Deus prevalece( I Pe 4.11)
(Atos 13.5)

Quando Jesus pregava todos ficavam espantados: De onde lhe veio tanta sabedoria?
Quando Jesus descia do monte da oração, ele vinha com as palavras que seu Pai havia lhe dado, não eram suas próprias palavras.

Quando Jesus pregava, Deus confirmava suas palavras através de milagres e da forte ação do Espírito Santo sobre todos que o ouviam.

Precisamos aprender a pregar a poderosa palavra de Deus e para tanto devemos nos abandonar na presença do sublime Espírito de Deus. É ele quem põe sua gloriosa palavra nos nossos lábios, e somente assim ninguém nos resiste. Devemos seguir o exemplo de Paulo, um profundo estudioso da palavra de Deus. Paulo exortava Timóteo a perseverar no aprofundamento teológico.

Muitos têm negligenciado o estudo da Palavra, dizem: Deus dá na hora! Parecem ser espirituais, mas são preguiçosos e fazem a obra de Deus relaxadamente.

Dá gosto ouvir uma boa pregação. Bem esboçada, trabalhada e ungida. Sinceramente, acho muito chato aqueles sermões muito formais e presos ao papel. Se um pregador que vive preso ao papel do esboço for pêgo de surpresa? Tipo, um vento leva seu sermão, o que seria dele?

Gosto de me organizar para pregar, mas sou guiado pelo Espirito Santo, pelo menos procuro ser sensível a sua vontade na hora da ministração. Uma mesma mensagem não é pregada da mesma forma em igrejas diferentes, pois o Senhor conhece cada membro que ali congrega e suas necessidades.

Infelizmente, existe uma hipocresia tão grande sobre os púlpitos. Ouvimos pastores e dirigentes dizerem: Chegou o momento mais importante do culto, a hora da ministração da palavra de Deus. Porém, os mesmos deixam apenas 15 a 20 minutos para tal. Como ousam dizer que amam a Biblia?

Os cultos passaram a ser "louvorzão". Em média são cantados 10 hinos. Quando a palavra vai ser pregada o povo já está cansado. O LOUVOR DEVE PREPARAR OS CORAÇÕES para receberem a palavra e não cansar o público.

Acredito que deve-se ter em um culto, pelo menos duas ministrações. Uma menor e uma maior. Pois somente a palavra de Deus nos anima, encoraja, corrige, alimenta-nos.

Devemos pregar em tempo e fora de tempo, em qualquer lugar( sinagogas, praias, praças públicas, escolas,casas) Assim como os apóstolos, não podemos perder a oportunidade de anunciar o nome de Jesus Cristo, Senhor dos vivos e dos mortos.

Ai de mim se não pregar o evangelho. Reduso meu corpo a servidão, oro incansavelmente em espírito, sempre na dependecia de Deus, e não com palavras de persuasão humana. - já dizia o apóstolo dos gentios.

Enfim, se quisermos ser bem sucedidos no ministéio da palavra, precisamos ser ungidos com óleo agora mesmo, e só assim os cativos serão libertos, os pobres se alegrarão e o reino de Deus crescerá sobre a terra.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

O que Um Pregador Não Pode Deixar de Anunciar


Atos 1

Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus começou, não só a fazer, mas a ensinar,
Até ao dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera;
Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.
E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que (disse ele) de mim ouvistes.
Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.
Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel?
E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder.
Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.
E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.
E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco.
Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.(V.1-11)

Estudo Por Frankcimarks Oliveira

1-A Obra realizada por Cristo( Milagres e ensinamentos)(V.1)

2-A Morte e Ressureição do nosso Senhor(v.3)

3-O reino de Deus(v.3)

4-A Promessa ou descida do Espírito Santo(v.4)

5-Arrependimento e novo nascimento(v.5)

6-O Revestimento de Poder e a obra Missionária(v.8)

7-A exaltação do Senhor Jesus e sua Segunda Vinda(v.10-11)


De forma bem suscinta gostaria de comentar os primeiros versos que o Historiador e médico Lucas registou em Atos dos Apóstolos. Ele se dirige a Teófilo. O evangelho segundo Lucas também registra este personagem. Alguns sugerem que este seja o apóstolo João, que estava escondido e preso na ilha de Pátmos. Como último apóstolo vivo precisava-se proteger sua identidade, daí o nome Teofílo( amigo de Deus). Porém nem todos os estudiosos concordam com esta hipótese.

O que nos importa de fato é sabermos e entendermos a preocupação de Lucas em enumerar fatos históricos, em que o mesmo considerou de extrema significância registrar. Realmente os fatos narrados por Lucas são de extrema fundamentação teológica para a crença cristã.

Vemos ao decorrer do novo testamento, principalmente nas cartas paulinas, a importância ou relevância dada a tais fatos.

Paulo fez menção diversas vezes dos ensinamentos de Jesus Cristo. Relatou seus milagres, e inclusive todos os milagres realizados e registrados em atos dos apóstolos são atribuidos ao mesmo Jesus que morreu e ressuscitou. Estes homens de Deus sabiam que eram meramente o canal pelo qual o Senhor glorificava o nome de seu Filho Jesus.

E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas. (1 Coríntios 12:28 )

Paulo e seus contemporâneos não só criam nos milagres , mas viam a operação dos mesmos em seus dias, pois Jesus havia prometido: Vocês farão coisas maiores que eu fiz, em meu nome.

O Senhor nos mandou ensinar sua doutrina ao mundo e fazer com que seus discípulos guardassem seus ensinamentos.

Um verdadeiro pregador do evangelho não pode deixar de falar da morte e ressurreição do nosso Senhor. A crença cristã está fundamentada nesses dois eventos.
A ceia do Senhor é exatamente um memorial desses eventos, pois o apóstolo diz: Fazei isso em memória de mim até que venha...

Hoje em dia ouve-se muito pouco sobre o plano de salvação, sobre o sacrifício vicário de Jesus e sobre sua ressurreição. A sociedade moderna prefere ouvir pregações sobre:" como enriquecer biblicamente", Seja feliz e próspero neste mundo", " Como superar as crises existenciais"...e por aí vai.

O evangelho do Senhor Jesus é tão simples que para muitos não tem graça, é preciso enfeitar, acrescentar, enventar...aI DAQUELE QUE ACRESCENTAR UM TIO A PALAVRA DO SENHOR!

Jesus e Joao Batista anunciavam encansavelmente a chegada do reino de Deus. Um reino de amor, paz , justiça, alegria e salvação eterna. Precisamos atentar mais para este tema em nossos púlpitos. Devemos como atalaias convidar os pecadores ao arrependimento,dizendo: vinde, todos vós que estais cansados, comei e bebei de graça do pão e da água da vida.

pregadores, atentai para isto:

E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus. (Mateus 10:7)


Um bom pregador, por mais eloquente e conhecedor das escrituras que seja, precisa ser revestido do poder do Espírito Santo, pois sem ele a obra concerteza não terá êxito e nem dará frutos permanentes. E é Ele quem convece o mundo do pecado, da justiça e do juízo divino.

Lucas faz questão de enfatizar essa importância do ministério do Espírito Santo na vida da igreja primitiva e o sucesso evangelístico dessa só se deu graças ao poder irresistível da pessoa bendita enviada por Jesus, o Paracleto.

Jesus anseava e anunciava com entusiasmo a descida desse agente missionário de Deus. Ele ensinaria seus discipulos toda a verdade. Portanto, pregadores, devemos falar com clareza sobre a importância do ministério do ES e de como Ele opera na vida do pecador.

Devemos falar sobre arrependimento e o novo nascimento. De certa forma ao falarmos sobre o reino e sobre o Espírito Santo este assunto já será abordado consequentemente. Novo nascimento é transformação de vida .Está diretamente relacionado com a pessoa do Espírito Santo, pois é Ele quem opera no ser humano a regeneração.

E por fim e não menos importante, precisamos falar sobre a exaltação de Cristo e seu eminente retorno.

Jesus foi exaltado soberanemente por ser obediente a seu Pai. Logo entendemos que o exemplo de Jesus ao ser imitado nos acarretará em grandiosos galardões. Pois se imitarmos seu exemplo de humildade e serviço, Deus nos exaltará e nos concederá ricas bençãos sem par.

Antigamente pregava-se muito sobre galardões, láureas, coroas, glórias vindouras. De certa forma isso motivava bastante os cristãos a perseverarem na fé e fixarem seus olhos nos céus e não nesta terra. Aqueles que esperam somente nesta terra algo da parte de Deus são os mais miseráveis. Nossa pátria está nos céus e de lá esperamos nosso Salvador Jesus Cristo.

Do mesmo modo precisamos voltar a falarmos do retorno do nosso amado Senhor. Ele prometeu que voltaria e não é homem( falho) para que minta.

Jesus breve virá...Que o Espírito Santo aplique este pequeno texto reflexivo em vossas mentes e vos impulsione a meditar a cerca destes temas...


terça-feira, 23 de agosto de 2011

Escravos da Religião


E Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona.
E era trazido um homem que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam.
O qual, vendo a Pedro e a João que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola.
E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós.
E olhou para eles, esperando receber deles alguma coisa.
E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda.
E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e artelhos se firmaram.
E, saltando ele, pôs-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a Deus.
E todo o povo o viu andar e louvar a Deus;(At 3.1-9)

Estudo Por Frankcimarks Oliveira


Amados, gostaria de fazer uma abordagem muito séria neste estudo de hoje: a escravidão religiosa. A bíblia é muito clara quanto a isso. Diversas passagens nos mostram o quanto o sistema religioso, seja ele qual for,é falido e incapaz de transformar a vida de alguém.

o próprio judaísmo estava sendo questionado por homens que desempenhavam um papel social bem intenso naqueles dias ,como João Batista e o nosso Senhor Jesus Cristo.

O maior símbolo religioso dos israelitas era o Templo de Salomão, neste caso o terceiro templo, reformado por Herodes e destruído por Tito.

A vida social daquela comunidade gravitava em torno do Templo, inclusive, a sua verdadeira função já havia sido deturpada, pois a casa de Deus deveria ser uma casa de oração, e não um pólo comercial de homens.

Por duas vezes Jesus questionou e condenou as ações dos homens quanto ao templo. Chegou a irar-se pelo zelo da casa de seu Pai, virando as mesas e gritando: A casa de meu Pai é casa de oração, todavia vocês fizeram dela um covil de salteadores( casa de ladrões)

Parece que hoje a história se repete, pois existem muitos ladrões vestidos de terno e gravata usando a casa de Deus para seu próprio enriquecimento.

Sabemos que por diversas vezes o templo de Jerusalém foi destruído por povos inimigos. Deus permitia isto para disciplinar seu povo. Os israelitas acreditavam que enquanto o templo estivesse de pé, Deus os protegeria. Muitas vezes também, sacerdotes e profetas profanaram o templo de Deus com suas imundícias e imoralidades idólatras, por causa disso, Deus tinha de purificar sua casa, julgando os ímpios e poupando os justos.

Infelizmente a corrupção humana faz com que os homens manchem até mesmo aquilo que Deus santificou. O templo por muitas vezes tornou-se um símbolo idólatra, como a arca, a serpente de bronze, etc. Deus abomina idolatria, e entre ter um templo dedicado a seu nome e ver seu povo desviando sua adoração a um templo de tijolos, Deus sempre preferiu ficar sem " casa ".

Deus não habita em templos feitos por mãos humanas- Estevão e Paulo disseram isso, porque sabiam que o trato dado pelos judeus àquele templo era algo que não agradava a Deus. Era Deus quem devia ser honrado, era Deus quem devia ser exaltado e não seu templo.

Jesus certa feita disse: Aquele que está dentro do templo é maior que o templo(o próprio Jesus). O Senhor também disse: Derrubem este templo e em três dias eu o levantarei( neste caso falava de seu próprio corpo).




O templo veio para substituir o tabernáculo mosaico, e Cristo veio para substituir o Templo Salomônico.

Vejamos:

1- Jesus tabernaculou entre os homens: E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.(Jo 1.14)

2- Jesus disse que ele era o verdadeiro Templo de Deus: Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei.
Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias?
Mas ele falava do templo do seu corpo.(Jo 2.19-21)

3- Em Jesus habita toda a divindade:Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade;(Cl 2.9)- como se ele fosse um templo...

4-A igreja é tratada como o corpo de Cristo: E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.(Cl 1.18)

5- Somos o Templo do Espírito Santo:Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?(I Co 6.19)

Na verdade, aquele templo de Salomão era apenas uma sombra das coisas vindouras. Cristo substitui aqueles velhos ritos, que a ninguém aperfeiçoou, e do mesmo modo, nós nos tornamos o templo de Deus, quando Cristo envia aos nossos corações seu Espírito que clama Abba pai.

O que quero dizer é que Deus nunca planejou escravizar as pessoas com ritos religiosos, com regras e mais regras que nada operam no ser humano. O próprio Deus decidiu habilitar no homem , pois somente assim este poderá ser transformado.

O que Jesus predisse: Não ficará aqui pedra sobre pedra, se cumpriu com a invasão de Tito, que profanou o templo e o destruiu, restando somente o que hoje conhecemos como o muro das lamentações.

o que isto significa?- Deus pôs um fim na antiga lei e pôs um fim a soberba e a auto confiança daquele povo materialista. A verdadeira adoração é em Espírito e verdade, independe de lugar ou rito.

A antiga aliança servia apenas para mostrar o quanto era impossível o homem cumprir toda a justiça de Deus, e que ele só poderia ser salvo com a ajuda de Deus e não por seus próprios esforços. Mas o ser humano é soberbo e só aprende quebrando a cara, como se diz no popular.

A nova aliança feita em Cristo é melhor e mais excelente que a antiga, que já estava envelhecida. As palavras de Deus não mais seriam escritas em tábuas de pedra, mas no coração do homem.

Vemos que a indumentária judaica servia muito mais para satisfazer a carne do que o espírito. Eles guardavam dias de festas, de lua, não comiam todo alimento, eram cheios de não me toque. Porém Cristo aboliu tudo isto. Ele libertou nossas consciências e por isso ninguém deve nos atormentar com estes pretextos de ritos .Cristo cumpriu toda a lei.

Jesus censurou bastante os fariseus. Toda aquela aparência de piedade não tinha eficácia, era só aparência. Jesus conhecia suas vidas no íntimo e sabia que por dentro eles eram apenas ossos apodrecidos.Aqueles religiosos honravam a Deus, mas apenas com os lábios, pois seus corações estavam a milhas de distância de Deus.

A religião de fato escraviza o ser humano. Perceba que os religiosos confiam em suas ações( dízimo, ofertas, jejum, oração)-não que essas coisas sejam ruins em si, mas os religiosos escondem-se e apóiam-se sobre estes.

Vimos a história de um coxo que desde o pequeno mendigava esmolas na porta de um templo. Ele era posto ali para pedir ajuda aos homens. Agora eu te pergunto: Por que esta história entrou na bíblia?

Vejamos:

Deus queria retratar uma verdade inquestionável: somente ele e mais ninguém pode resolver os problemas humanos.

1- Aquele mendigo estava acostumado com sua vida miserável
2- Todos os dias ele estava no templo
3- Todos os dias ele esperava que homens lhe carregassem até a porta formosa
4- Todos os dias ele esperava que homens lhe dessem alguma ajuda
5- Ele buscava apenas coisas terrenas
6- Mesmo estando em um templo suas preces eram sempre voltadas aos homens
7- Seu estado físico revelava a condição daquela religião( atrofiada desde nascença)
8- Seu estado físico revelava a estagnação dogmática dos homens( não faz ninguém andar)
9- O milagre serviu como repreensão àquela nação religiosa e doente.
10- Mesmo o templo sendo rico, tendo ouro e prata, não pôde resolver os problemas daquele que estava todos os dias lá.
11- A presença daquele mendigo revelava a dureza de coração daqueles homens religiosos, que excluíam e não amavam seu próximo.

Hoje tenho visto que a coisa não mudou muito. Há muitas religiões no mundo, porém o mundo vai de mal a pior. O mundo está parado no tempo, não anda, não cresce. Os homens são cativos de dogmas e tradições humanas e por isso são escravos de pés aleijados. Necessitam de santos milagreiros, de amuletos, de favores humanos.

Jesus liberta, dá autonomia para andarmos com nossos próprios pés e para adorarmos a Deus com alegria.

Não foram Pedro e João que curaram este homem, mas foi Jesus, o nazareno, o mesmo que foi crucificado e que ressuscitou. É ele o descanso, o verdadeiro Templo de Deus, o verdadeiro Sábado, a verdadeira Páscoa, o verdadeiro Sumo sacerdote, o verdadeiro sacrifício. Jesus é a verdadeira religião com Deus.

Infelizmente, muitos crêem que precisam de Valdomiro, Silas, RR Soares e tantos outros para receberem algo de Deus.
É verdade que sem Pedro e João aquele homem continuaria coxo,Porém a atitude destes dois apóstolos mostra que de fato Deus os podia usar.

Pedro e João estavam indo ao Templo buscar a Deus em oração, enquanto aquele coxo estava ali para pedir ajuda aos homens. Quem você imita? Pedro, João ou o coxo?

Poderia falar do homem da mão mirrada que estava no templo e que em partes representa a atrofiamento religioso, incapaz de ajudar alguém, incapaz de dar uma mãozinha a quem realmente precisa. Na verdade a religião reforma o homem, principalmente por fora, mas Jesus transforma, cura e liberta de verdade.

Não seja um escravo de dogmas, costumes e tradições humanas, creia em Jesus, pois ele satisfaz todas as exigências divinas.

Que você possa se levantar deste estado de ruína espiritual, que mesmo freqüentando um templo, não pôde usufruir da liberdade de dançar na presença do eterno. Que mesmo estando na porta do templo, ainda não pôde livrar-se das imposições humanas, que passam por ti e não fazem nada.

Lembra-se dos pais do jovem cego, curado no tanque de Siloé? Quase foram expulsos do templo, só porque sabiam que Jesus havia curado a cegueira de seu filho. o Jovem foi de fato expulso da religião, mas Jesus o recebeu de braços abertos.

Quando Jesus restaura nossa visão somos levados até ele, e mesmo que quebremos os protocolos religiosos, sabemos que estamos nele, no filho de Deus.

A religião humana é chantagista, hipócrita, falida, aleijada, cega, mirrada e excludente.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Anões em Terra de Gigantes


Também vimos ali gigantes, filhos de Enaque, descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos, e assim também éramos aos seus olhos.( Números 13:33 )

Estudo Por Frankcimarks Oliveira


1- Os espias desanimaram-se diante dos Gigantes de Canaã(Nm 13.27-29))
2- Josué e Calebe creram que o Braço do Senhor poderia lhes dar a Terra ( Nm 13.30)
3- Davi não temeu o tamanho de Golias, antes confiou no nome do Senhor(1 Sm 17)
4- Davi era apenas um rapazote e Golias um gigante( i Sm 17.4,42)
5- Zaqueu possuia pequena estatura e teve que enfrentar seus "Gigantes"( Lc 19.1-10)

Amados, gostaria de compartilhar uma verdade bíblica que vivenciamos de tempos em Tempos em nossa jornada cristã: Grandes combates que nos torna ' anões".
Como o Senhor Jesus mesmo disse" no mundo tereis aflições", entretanto precisamos ser corajosos e confiar naquele que venceu todas as lutas, inclusive as nossas.

A biblia narra a história dos espias que Moisés enviou para " investigar" a terra que o Senhor prometera dar a seus pais. Porém logo ao chegarem a terra seus corações desfaleceram diante das dificuldades aparentes.

Também vimos ali gigantes, filhos de Enaque, descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos, e assim também éramos aos seus olhos.
(Números 13:33)


O que mais chama minha atenção são os dizeres" éramos aos NOSSOS olhos como gafanhotos e aos SEUS olhos(dos gigantes).

Aos olhos de Deus "nada" estava acontecendo. E Josué e Calebe foram recompensados por Deus por compartilharem da mesma visão do Senhor.( Nada é impossível aos que creem)

As bençãos asseguradas eram proporcionais às lutas garantidas. Mas aí está o gostinho da vitória. Deus quer que sejamos dependentes Dele e por isso permite que nos deparemos com situações bem complexas para que saibamos que foi Ele e não nós que alcançou a Vitória.

Os cachos de uva daquela terra eram carregados por dois homens, a terra produzia leite e mel( doçura e abastecimento/ o essencial e o extraordinário).
Infelizmente, muitos " irmãos" só conseguem ver as lutas, as provas, as dificuldades, os problemas. E por isso se tornaram pessoas pessimistas, desanimadas e desencorajadouras.

Não é bom conviver com alguém que só conta derrota, porque de certa forma isso nos afeta. Foi assim com a multidão dos hebreus:

Então toda a congregação levantou a sua voz; e o povo chorou naquela noite.
E todos os filhos de Israel murmuraram contra Moisés e contra Arão; e toda a congregação lhes disse: Quem dera tivéssemos morrido na terra do Egito! ou, mesmo neste deserto!
E por que o SENHOR nos traz a esta terra, para cairmos à espada, e para que nossas mulheres e nossas crianças sejam por presa? Não nos seria melhor voltarmos ao Egito?
E diziam uns aos outros: Constituamos um líder, e voltemos ao Egito.( Nm 14.1-4)


É verdade que somos pequeninos, mas agradou ao Pai dar-nos suas Promessas. Se somos pequenos, nosso Deus é grande.

Davi sabia muito bem disso, na primeira oportunidade que teve não pensou duas vezes, foi valente como Calebe e confiou no nome do Senhor dos Exércitos. Com apenas uma pedrinha derrotou o gigante Golias. Deus faz assim! Não há problema tão grande que não seja superado. Por maior que seja a adversidade nas nossas vidas a Pedra de Esquina ( Jesus) pode resolver.

Golias impunha medo, autoridade. Todos que o viam temiam e fugiam. Porém um mocinho, franzino e de gentil aspecto tinha um segredo que Golias não conhecia: Um Deus que jamais desampara os seus filhos!

Golias ao ver Davi o desprezou, zombou dele e de seu Deus. Davi ao ver Golias o desprezou, zombou dele e de seu deus, pois sabia em quem cria. Davi o chamou de incircunciso.( Davi não absolveu palavras contrárias)

O que quero dizer é que nossos problemas ou até mesmo o diabo procuram nos apresentar uma imagem irreal da realidade ou de si próprio. Toda aquela armadura, escudos pesados, lanças imensas, e etc.Tudo isso servia apenas para destrair os israelitas de sua capacidade de crer em seu Deus.O medo paraliza a fé e sem fé é impossível conseguir algo de Deus.

Se você acreditar no poder do nome de Jesus esse seu problema cairá por terra. Tão somente se apegue ao Senhor, descanse nele e no momento certo aja com destreza e o Deus dos céus honrará sua fé.
Davi tinha habilidades com sua funda. Ele usou aquilo que melhor sabia manusear, por isso foi bem sucedido. Davi recusou vestir a armadura de Saul, pois já estava revestido com a armadura de Deus.

Podemos ser pequeninos, mas foi do agrado do Pai nos fazer herdar as promessas.
Podemos ser pequeninos, mas o nosso Deus é Grande!

Para terminar gostaria de falar de um homem chamado Zaqueu. A biblia é bem enfática ao revelar que Zaqueu era um homem rico, porém de baixa estatura. Zaqueu morava em Jericó e Jesus passava por sua cidade. Muito curioso decide ver aquele que poderia mudar sua vida por dentro.

Subiu em uma figueira brava( cheia de espinhos) para ver o Mestre. Teve de enfrentar uma multidão de "Gignates", pelo menos para ele eram gigantes.
Tudo que vem fácil vai fácil, já dizia um adágio popular.
Deus quer nos dar bençãos permanentes e duradouras. E mais uma vez repito: Deus permite grandes dificuldades para que saibamos valorizar aquilo que recebemos dele e ao mesmo tempo o Senhor trabalha no nosso caráter, égo, personalidade e nos molda a sua maneira para que possamos desfrutar completamente daquilo que ele nos deu.

Zaqueu não temeu ser visto buscando a Jesus pelos seus vizinhos( lembre-se que ele era rico e orgulhoso).Ele não temeu se machucar na árvore espinhenta, mão temeu enfrentar uma multidão( ele podia ser esmagado ali dentro). Zaqueu obedeceu a Cristo quando este o ordenou: desce depressa.

Zaqueu teve que derrubar as suas muralhas de Jericó( suas barreiras e limites)

Por fim Zaqueu pode usufrir da promessa de Deus, pois Jesus disse: Hoje chegou salvação a esta casa. Deus deu repouso ao coração atormentado de um ex-ladrão ao perdoá-lo e demonstrar isso ao mesmo.

Deus deseja nos abençoar em muitos setores de nossa vida:

1- Financeiro( Grandes cachos de Uvas = prosperidade)
2- Saúde( Leite )
3- Emocional ( mel)
4- Espiritual ( a salvação de Zaqueu, a vitória de Davi contra seu inimigo, e a fé de Josué e Calebe)

Creia no Deus Grande e seus "gigantes" torna-se-ão anões. Lembre-se: Voce só é um gafanhoto a seus prórpios olhos e aos olhos de seus inimigos, mas aos olhos de Deus você é um herdeiro prestes a possuir as promessas!

Paz do Senhor Jesus.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Quando Estamos Num Beco Sem Saída


Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos, e vede o livramento do SENHOR, que hoje vos fará; porque aos egípcios, que hoje vistes, nunca mais os tornareis a ver.
O SENHOR pelejará por vós, e vós vos calareis.
Então disse o SENHOR a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem.(Ex 14.13-15)

Estudo Por Frankcimarks Oliveira


Todos nós conhecemos a história da fuga de Israel do Egito. Faraó não queria permitir a saída do Povo de Deus Pacificamente. Por isso o Senhor com braço forte os tirou de Lá, por que sua benignidade dura para sempre.

Gostaria de falar sobre " O Deus que nos encoraja" . Nosso Deus jamais nos desamparou e podemos descansar na promessa: " Jamais te deixarei".

Queridos, o texto usado nos fala que também passaremos por momentos difíceis nas nossas vidas. Enfrentaremos a ira dos homens ímpios, que não conhecem a Deus, encontraremos obstáculos no caminho como montes e um grande mar em nossa frente, que aparentemente, nos impedirá de prosseguir.Mas só aparentemente.

E são exatamente nesses momentos em que a Palavra encorajadora de Deus nos encontra.

O povo estava desesperado, nem mesmo Moisés sabia o que Fazer. Foi quando o Senhor disse: Marchem, prossigam, não parem, continuem em linha reta.

Amados, Deus prova seu povo. Porém o mesmo Deus Livra os seus da mão do inimigo.
Talvez voce se pergunte: Mas qual o propósito de tudo isso?- Deus permite que entremos em "becos sem saídas" para que possamos confiar e depender mais Dele. Para que possamos contemplar seu grande poder e termos nossas próprias experiências com o Deus do Impossível.

Irmãos, precisamos aprender algo muito importante: A palavra profética de Deus nunca se encaixa ou adequa-se a nossa realidade.
Somos confrontados a crer em sua palavra e agirmos conforme formos instruídos e então vivenciarmos os milagres do Todo Poderoso.

Um bom exemplo disso é Jairo, o centurião. Este homem tinha uma filha bem enferma. Decide ir atrás de Cristo e convida-o para entrar em sua casa e curar sua pequena.
Cristo está a caminho da casa de Jairo e uma mulher o pára no meio de uma multidão. O tempo está discorrendo e a filha de Jairo à beira da morte. De repente chega a notícia através de " amigos" do centurião: Não importunes mais o mestre, tua filha está morta.

Porém, vejam o que Jesus disse: Ela não está morta, apenas dorme.Crê tão somente.

Glória a Deus por seu encorajamento em nossas vidas. O Senhor conhece nossa estrutura frágil, por isso sempre vem até nós, por livre e espontânea vontade, para nos dar ânimo, força e vigor. De fato, sem Ele nada podemos fazer.

Jairo creu na palavra do Senhor e sua filha foi salva. Ainda que pareça impossível o que voce esteja vivendo, creia na palavra que o Senhor disse: Tudo é possível ao que crê.

Lembro-me de Abraão... sua expectativa de ter um filho só não morreu porque o Próprio Deus sempre o encorajava a crer nas promessas.
Irmãos, nosso Deus é fiel ao que diz. Se ele prometeu, ele vai cumprir sua palavra.

Quando Abraão estava ficando cada vez mais velho e vendo que ainda não tinha visto a promessa se cumprir, Deus apareceu para ele e lhe disse:

Sai da tua tenda e olha para o céu. Conta as estrelas se for possível e assim será tua descendência. Aleluia.

Muitas vezes as circunstâncias impedem-nos de ver a grandeza desse Deus fiel. Abraão estava desanimado, dentro de uma tenda. Sua visão só alcançava o que estava dentro da tenda: um homem velho, uma mulher velha e nenhum filho.

Mas Deus desafiou Abraão a crer no impossível e a contar as estrelas do universo.
Deus sabe que em nós não há condição alguma de fazer algo grande, porém Ele também sabe que é Grande. Quando reconhecemos isso e dependemos somente de Deus, o milagre acontece.

O mesmo aconteceu com Josué. Moisés havia morrido e uma grande multidão estava sob sua responsabilidade. Josué queria parar, estava cabisbaixo, moribundo, apático.
Mas o Deus do encorajamento apareceu para ele e lhe disse: "Tende bom ânimo, eu sou contigo, não te deixarei e nem te desampararei. Aonde quer que fores irei contigo, onde colocáres os pés te darei por herança. Seja forte e corajoso."

Poderia falar de Elias, de Davi e muitos outros que em determinado momento de suas vidas sentiram-se desencorajados a continuar.
Todos eles se depararam com um beco sem saída, mas o Deus que abre portas estava com eles e eles foram mais que vencedores.

Abraão de fato estava sem ter para onde ir( velho, sua esposa velha, o costume das mulheres havia cessada para Sara)
Jairo também não tinha para onde correr, sua única saída foi crer no Deus do impossível.

Deus te convida hoje a crer em sua palavra de encorajamento. Ele nos diz: Eu venci o mundo!

Nosso Deus é vitorioso e nos dará grandes vitórias para seu nome ser glorificado no meio de seu povo e para que todos saibam que há um Deus em Israel.