segunda-feira, 26 de março de 2012

As Riquezas encobertas


Dar-te-ei os tesouros escondidos, e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o Senhor, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome(Is 45.3)
Estudo Por Frankcimarks Oliveira
1-Deus nos enriqueceu com TODAS as bênçãos espirituais nos lugares celestes (Ef 1.3)
2-As riquezas incompreensíveis de Cristo (Ef 3.8)
3- As riquezas da Graça (Ef 1.7)(Ef 2.7)
4- As riquezas da benignidade ( Rm 2.4)
5-As riquezas da Glória ( Rm 9.23)( Ef 3.16)
6- As riquezas do mistério: Cristo em nós ( Cl 1.26-27)
7- As riquezas da sabedoria ( Rm 11.33)
8- As riquezas do céu( Mt 6. 20-21)( Hb 10.34)
9- As riquezas da inteligência espiritual ( Cl 2.2)
10- As riquezas do vitupério de Cristo (Hb 11.26)
11- As riquezas do Espírito Santo ( 2 Co 4.7)

A bíblia diz que Deus nos fez participantes de seus bens espirituais e nos abençoou com todas as bençãos espirituais nos lugares celestes em Cristo. Tudo o que Deus tem para nos dar está em Cristo. Tudo o que Deus pode nos revelar está em Cristo. Tudo o que nós precisamos está em Cristo. Por isso quem não o tem não tem nada!
Ser rico para com este mundo não significa ser rico para com Deus. A balança do Senhor pesa de forma totalmente diferente da nossa. Deus não afere um homem pelo que ele possui, mas pelo que ele é em Cristo  ( uma nova criatura com um novo coração). Se você acha que é rico para com Deus pense novamente nisso, pois muitas vezes ,ou melhor, a maioria das vezes estamos enganados. Veremos hoje quem realmente é rico para com Deus. Veja o que o Senhor disse para uma das igrejas do Apocalipse:
Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta, e não sabes que és um desgraçado, e miserável e pobre, e cego e nu; aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças, e roupas brancas para que te vistas e não apareça a  vergonha da tua nudez, e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas( Ap 3.17-18)
Perceba que Deus está falando com uma de suas igrejas. Então, image o quadro espiritual daqueles que estão lá fora. A igreja de Laodicéia estava apegada a seu comércio. Ela achava que assim como sua cidade , sua condição diante de Deus era de riqueza. Estava enganada! Quantos nos nossos dias não acham que porque têm casas, carros e empresas estão em aprovação diante daquele que tem os olhos como chama de fogo? A teologia da prosperidade prega que sua vida material é reflexo da sua vida espiritual, mas não é o que a Bíblia ensina.
Deus nos prometeu riquezas abundantes e incontáveis. Riquezas essas que Paulo as chama de riquezas incompreensíveis , sem explicação. Como eu posso explicar para alguém que não nasceu de novo o quanto sou rico, se ao me olharem elas não veem jóias, anéis de ouro e diamante? Também não me veem andando em carros importados , helicópteros, e morando em mansões. Se disser que sou rico para alguém que não possui a mente de Cristo, o quanto estou suprido e o quanto não sinto falta de nada, ela simplismente não entenderá.
Deus me enriqueceu na lavagem do sangue de seu Filho. Este sangue é mais precioso que ouro e prata, pois é incorruptível . Deus me enriqueceu através da abundante graça que derramou em meu coração, fazendo-me compreender a dimensão da salvação efetuada alí na cruz. Deus me enriqueceu quando me deu uma nova mente, regenerada e restaurada, capaz de entender quem é o Pai e o Filho. Deus me enriqueceu quando depositou dentro de mim , um mero vaso de barro, seu tesouro precioso que é o Espírito Santo. Deus me enriqueceu quando de forma misteriosa    revelou-me a pessoa de seu filho, que habita em mim e enche-me de esperança, fazendo-me aguardar o dia em que ele mesmo descerá do céu e virá me buscar para morar eternamente nos céus.
Meu coração está posto nos céus, pois é lá que está meu tesouro!
Também o reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido num campo, que um homem achou e escondeu, e pelo gozo dele, vai, vende tudo quanto tem e compra aquele campo. Do mesmo modo, o reino dos céus é semelhante a um homem negociante, que busca boas pérolas, e encontrando  uma pérola de grande valor, foi e vendeu tudo quanto tinha e comproou-a (Mt 13. 44-46)
Eis aí os tesouros que Deus nos prometeu pela boca de Isaías: tesouros escondidos. No primeiro caso a riqueza estava encoberta em um campo, ou seja, enterrada. No segundo caso a riqueza estava escondida dentro de uma concha no fundo do mar. Ao encontrar tais tesouros só podemos tomar uma iniciativa : renunciar tudo o que temos e somos para conseguirmos tais riquezas.
Alguém que realmente encontrou a Cristo não conseguirá viver da mesma forma. Sua vida será vivida em função da grande riqueza encontrada: Cristo! Vale a pena renunciarmos nossa vida por causa do Senhor e da sua vontade. É prazeroso e não penoso, como muitos pensam. Servir a Cristo implica em sofrimentos neste mundo, mas somos supridos em Glória pelo Deus que é riquíssimo.
Ah, quem dera você já tenha encontrado este tesouro! Quem dera você já sentisse o eterno gozo de ter o Senhor em sua vida! Se você o encontrou ,deixe tudo por ele. Abandone este mundo e suas filosofias e viva para a Glória de Cristo e não se arrependerás. Que Deus assim permita. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário