Poderá Gostar Também De:

sábado, 2 de outubro de 2010

O Salmo 24- Jesus é o rei da Glória!



O Salmo 24: Jesus é o rei da Glória!

Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória.Quem é este Rei da Glória? O SENHOR forte e poderoso, o SENHOR poderoso na guerra. Levantai, ó portas, as vossas cabeças, levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O SENHOR dos Exércitos, ele é o Rei da Glória. (Salmo 24.7-10)
Por Frankcimarks Oliveira

Não há espaço para dois reis no meio do povo de Deus!

Gostaria de glorificar a Cristo com um cântico muito conhecido: O salmo 24. Fiquemos com apenas alguns versos deste belo louvor de exaltação ao Deus de Jacó, o Deus da Salvação, que é dono do mundo e de tudo o que nele há, que nos abriu caminho para subirmos ao monte ao seu Santo Monte, limpou-nos de toda injustiça com seu próprio sangue. Lavou nossas mãos ( símbolo das ações externas cometidas pelos homens)e nosso coração( símbolo dos sentimentos ocultos e interiores do homem, a fonte de todo os pensamentos:( Morte, adultério,violência ,etc.)

 Com estas palavras começa o salmista  seu hino de adoração ao Senhor. O prefácio  mostra-nos o autor do poema: o rei Davi!  Aqui já cabe-nos  uma atenção dobrada e uma rápida reflexão:, Davi era um servo adorador do verdadeiro Deus, o Deus de Jacó. Não servia a deuses estranhos, mas louvava ao Dono da vida, Àquele que lhe criou. Feliz a nação liderada por um servo de Jesus .Um chefe que dê testemunho e exemplo diante de toda a nação será uma bênção para seu povo

. Muitos dizem que o poema refere-se na verdade a entrada da arca da aliança em Jerusalém.  Sabemos que Davi trouxe a arca de fato para Jerusalém. Este rei muito se alegrou ao receber o símbolo da presença do verdadeiro Rei, o Rei da Glória.

Davi foi consciente de que era um mero rei terreno, limitado e passageiro, porém diante da presença do verdadeiro Rei ele bailava com todas suas forças, despojava-se de suas roupas reais, pulava como uma corsa,
Imagino Davi bradando com grande Júbilo: “Abram as portas de Jerusalém  para que a saudosa arca de Deus entre, pois há  muito que eu desejava este momento. A arca do Deus que vence nossas guerras, forte e poderoso na batalha, Ele é o Senhor dos Exércitos”. 

Precisamos diante deste Rei da Glória  despir-nos de nossos títulos, diplomas, cargos eclesiásticos.Precisamos  despir-nos de nossa honra humana e terrena diante daquele que merece toda a honra e glória.
Davi ao ver a arca chegando a Jerusalém começou a se despir. Só pode haver um rei em uma nação. Dois reis não podem ocupar o mesmo espaço. Davi sabia disso. Antes de ser rei, Davi era um servo adorador.  Não deixe que seus títulos te engessem, não  permita que a verdadeira adoração extravagante fique adormecida em ti por causa de seu status na sociedade. Na presença do Senhor não há Grandes ou pequenos, apenas existem adoradores! 

Mas não é sobre isso que quero falar. Quero falar sobre o único e verdadeiro Rei: Jesus de Nazaré. Imagino também depois de consumado sua obra de salvação aqui na terra, Jesus ascendendo aos céus, subindo envolto a nuvem, ali em atos primeiro, com os apóstolos olhando para cima e com os anjos dizendo:
Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.( Atos 1.11)
 
O salmista já entoava em suas melodias:

 Deus subiu com júbilo, o SENHOR subiu ao som de trombeta.     (Sl 47.5)
 
O salmo 47 fala-nos de um rei altíssimo que deve ser louvado com triunfo. A palavra triunfo significa vitória, mas vitória de que? Vitória sobre o pecado, sobre a morte e sobre o inferno! Jesus subiu ao céu vitorioso, como rei da glória, o Senhor dos exércitos que venceu as batalhas aqui no mundo e fez-nos  mais que vencedores.

Imagino também o espanto dos anjos nos céus quando o Senhor chegou na nova Jerusalém. O Mestre está subindo ao encontro do Pai nas alturas e diante dos portais se ouve o grito de comando: “Que se abram as portas eternas para que entre o Rei da glória. Logo os anjos perguntam: Mas que rei da glória? -Outros respondem: O Senhor forte e poderoso na batalha (que venceu Satanás).”

 Este primeiro cântico, creio eu,  já foi entoado no céu, ocorreu quando Cristo voltou para sua glória junto do Pai, aquela que ele tinha antes da fundação do mundo. Mais uma vez ouve-se o grito de comando:” Que se abram os portões antigos, para que entre o rei da glória. Mais uma vez um coral de anjos perguntam: Quem é este rei?- Outros respondem: O Senhor dos exércitos, ele é o rei da glória! “Este ainda será entoado, quando os exércitos de Cristo        ( a igreja do cordeiro) for arrebatada e subir aos céus junto do seu comandante, o Grande General, que não perde em questão.
Ambas as interpretações estão corretas, pois ambas encontram subsídios bíblicos. O Rei da glória virá sobre as nuvens do céu com grande poder e grande glória . Jesus está voltando!








7 comentários:

  1. quem era os anjos que perguntava que é o rei da groria?????

    ResponderExcluir
  2. JESUS É NOSSO SALVADOR TODA HONRA E GLORIA AO FILHO DEUS.
    Lembre de santificar o sábado porque é o selo de DEUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o selo de Deus e o sangue de cristo que nos purifica de todo pecado

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Vida longa a esse Rei em nossas vidas, pois transformou o que era corrupto em algo eterno, não por merecimento, mas pela misericórdia sem fim!

    VIDA LONGA AO REI!

    Podemos postar isso lá no nosso blog?
    http://iaecomunidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. qualquer postagem desse blog pode ser republicado, desde que o referido site seja mencionado...obrigado.

    ResponderExcluir
  6. TODA HONRA E TODA GLORIA AO JESUS CRISTO NOSSO SENHOR QUE É SANTO E DIGNO DE TODO LOUVOR. GLÓRIA A DEUS que as pessoas possam sempre buscar o caminho, a verdade e a vida eterna : JESUS CRISTO O REI DA GLÓRIA

    ResponderExcluir